Aplaudido até em carrinhos, Pablo agradece à torcida do Corinthians e faz uma ressalva

Aplaudido até em carrinhos, Pablo agradece à torcida do Corinthians e faz uma ressalva

Pablo foi destaque contra o Botafogo - mais uma vez

Pablo foi destaque contra o Botafogo - mais uma vez

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Pablo não apenas se tornou peça fundamental na equipe titular do Corinthians, como ganhou o respeito e a admiração dos torcedores. O zagueiro, que está perto de ver seu empréstimo virar um contrato definitivo de quatro anos, já percebeu que a relação com as arquibancadas da Arena está cada vez mais forte.

Questionado pela reportagem do Meu Timão sobre essa idolatria durante os jogos, o camisa 3 demonstrou ciência da relação, agradeceu à torcida pelo carinho, mas fez uma ressalva em relação tema em tom quase de brincadeira.

"Eu fico muito feliz, saber que a torcida está do seu lado é muito importante, saber que as pessoas estão vendo seu trabalho é muito bom, estar sendo um atleta que a torcida está se identificando me deixa feliz. Mas também fico preocupado porque a responsabilidade aumenta a cada jogo (risos)", lembrou o defensor, que ainda completou:

"Vou trabalhar ainda mais, tudo isso em tão pouco tempo, com dedicação, e vou continuar com essa pegada porque futebol é detalhe, em um jogo pode perder muito isso (idolatria), preciso manter essa regularidade", afirmou.

Leia também:
Corinthians libera e Léo Jabá já aparece com agasalho de time russo
Em busca de receitas, Corinthians fecha grupo com empresários
'De volta' ao Corinthians, atacante Luciano aparece no BID
Corinthians coloca mais de 30 mil na Arena pelo décimo jogo seguido

Durante a vitória sobre o Botafogo, o camisa 3 era ovacionado a cada bola tomada do adversário ou a cada bola tirada da área, mesmo que a mesma fosse parar do lado de fora de campo. Tal admiração foi conquistada pelo ex-jogador do Bordeaux em pouco tempo. Pablo estreou no início de fevereiro, fez 35 jogos com a camisa do Corinthians e marcou dois gols.

"Eu sei separar bem as coisas. Costumo dizer para o meu empresário que eu deixo as caixinhas que são importantes de lado quando eu entro em campo. Então, estou muito feliz. Consigo andar bem com isso. Tivemos uma conversa real sobre o futuro contrato, três dias atrás, a chance de ficar é muito, muito grande. Estou adaptado à cidade, ao clube, minha família está feliz. Tem tudo para dar certo", finalizou.

Veja mais em: Pablo, Campeonato Brasileiro e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes