Arana credita evolução defensiva a técnico do Corinthians: 'Sempre trabalhei com o Carille'

Arana credita evolução defensiva a técnico do Corinthians: 'Sempre trabalhei com o Carille'

Por Meu Timão

Guilherme Arana creditou seu bom momento aos conselhos de Carille

Guilherme Arana creditou seu bom momento aos conselhos de Carille

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Apesar de ter apenas 20 anos de idade atualmente, Guilherme Arana já tem uma considerável "bagagem" no elenco profissional do Corinthians. Promovido pelo então técnico alvinegro Mano Menezes em 2014, o lateral-esquerdo entende ter evoluído defensivamente, nesses últimos três anos, graças ao homem que hoje é seu treinador: Fábio Carille.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Arana falou justamente sobre sua melhora no que diz respeito à marcação em relação aos tempos das categorias de base. Desde moleque, o camisa 13 se destacava pelos dribles e subidas ao ataque. Apenas quando começou a trabalhar com o ainda auxiliar-técnico Carille, porém, é que passou a evoluir defensivamente, tornando-se assim um lateral mais completo.

"Eu subi pro profissional em 2014, sempre trabalho com o Carille. É normal a gente amadurecer, com certeza da minha parte ofensiva me saio muito bem, entoa precisava melhorara pare defensiva. É fruto de trabalho, professor Carille sempre me dava bons conselhos", declarou.

"Fui aperfeiçoando isso, treinando bastante, a gente tem sempre que melhorar, nunca está bom. Estou numa grande fase, aprendi a defender mais. Fico bem tranquilo, tenho que continuar trabalhando porque ainda tenho defensivos", completou.

Os ensinamentos de Carille parecem ter surtido efeito: Arana é considerado hoje por muitos como o melhor lateral-esquerdo do futebol brasileiro na temporada. Não à toa, há quem questione o jovem a respeito do sonho de ser convocado por Tite para a Copa do Mundo da Rússia de 2018. E aí? Existe essa chance?

"Como você falou, a concorrência é muito grande, tem Marcelo, joga demais, Filipe Luis também, uma grande fase. Não deixo de sonhar. Até a Copa do Mundo tem muita coisa para acontecer. Tenho que desempenhar meu futebol, trabalhar firme", disse.

"Se não for agora, claro que sempre vou estar lutando por esse objetivo, representar meu pais com a camisa da seleção principal. É trabalhar forte, manter os pés no chão", finalizou.

Veja mais em: Guilherme Arana e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Volante pode seguir os passos de Arana, também revelado pelo Corinthians

    Por possível transferência, agente de Maycon viaja à Europa nesta semana

    ver detalhes
  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes