Fora da lista de Tite, Jô afasta frustração e fala sobre 'saudade' do Brasileiro

Fora da lista de Tite, Jô afasta frustração e fala sobre 'saudade' do Brasileiro

Por Meu Timão

Jô é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 11 gols

Jô é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 11 gols

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Destaque na campanha invicta do líder Corinthians na competição, Jô estava entre os jogadores cotados para a lista de convocados de Tite na Seleção Brasileira, para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Porém, ao lado do meia Rodriguinho, o centroavante não apareceu entre os escolhidos do treinador – que contou com os também corinthianos Cássio e Fagner. A situação não é motivo de mágoa para o goleador alvinegro, que exaltou o trabalho do comandante do time nacional e garantiu foco no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Ansioso e esperançoso a gente sempre fica (para a convocação), eu fiquei, tenho mostrado um bom futebol, mas o Tite achou que não é o momento, respeito. Não fiquei triste, frustrado, em entrevistas eu disse que tinha possibilidade de ir ou de não ir. A chance vai aparecer, sempre com o sonho na cabeça”, garantiu Jô durante entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, nesta quinta-feira.

Presente na equipe nacional durante a Copa do Mundo de 2014, Jô chegou a mostrar confiança sobre uma possível convocação antes da lista de Tite. Ainda assim, o centroavante enalteceu a campanha do treinador pela Seleção. “Trabalhei com ele (Tite) e posso falar, tenho minha opinião, tem feito anos espetaculares, o que ele fez com nossa Seleção é de se parabenizar. Tem totais condições de ser o melhor técnico de todos. É um dos melhores”, completou.

Leia também:
Jô diz que Corinthians tem nova preocupação com início do segundo turno
Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta
Ídolo no Corinthians, Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo pela Fifa

Voltando sua atenção ao Campeonato Brasileiro, Jô comentou o preparo da equipe na “pausa que ganharam em seu calendário. O Corinthians ainda não jogou pelo segundo turno por conta de um adiamento do duelo pela 20ª rodada. Isto porque a Chapecoense, adversária do Timão, seguiu em uma excursão de amistosos na Europa na última semana. Depois de 13 dias sem jogos, a equipe alvinegra volta a campo neste sábado, às 16h (de Brasília), quando enfrenta o Vitória, em plena Arena em Itaquera.

“Já bateu a saudade de jogar, mas tivemos duas semanas intensas de treinamento e estamos preparados para o jogo de sábado”, disse Jô. “Nesse período, conseguimos fazer um pouco de tudo. Consegui passar um tempo com minha família, deu tempo de treinar. Os torcedores já dizem que é difícil tirar o título, outros cobram, mas a gente tenta segurar isso e conter essa parte psicológica. Agora é reta final, tem um turno todo, mas passa muito rápido. Aqui dentro é muito mais fácil controlar, porque nos vemos diariamente”, completou.

Artilheiro da competição, com 11 gols, o centroavante projetou a postura do Corinthians após a pausa no torneio. A equipe segue invicta na liderança da tabela, com 47 pontos – oito a mais em relação ao vice-líder Grêmio. Foram 14 vitórias e cinco empates, com um aproveitamento de 82,5%.

“Tivemos uma sequência muito grande de jogos desde o começo do ano. Dá saudade, mas também dá saudade de ficar em casa (risos). Estamos acostumados a jogar duas vezes por semana, sábado já vamos matar a saudade, e quarta-feira tem jogo de novo”, finalizou.

Veja mais em: , Corinthianos na Seleção e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Fiel vai 'invadir' a Arena Corinthians no próximo fim de semana

    Torcida do Corinthians reserva todos os ingressos para jogo da taça

    ver detalhes
  • Meia cumpriria função que Carille deseja no Corinthians

    Segundo portal, Andrés negocia possível ida de Gustavo Scarpa ao Corinthians; candidato nega

    ver detalhes
  • Titular, Zeca foi campeão olímpico pela Seleção Brasileira, em 2016

    Corinthians estuda oferta ao lateral Zeca, diz portal

    ver detalhes
  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes