Visando plano de governo para o Corinthians, movimento anuncia parceria com universidade

Visando plano de governo para o Corinthians, movimento anuncia parceria com universidade

Por Meu Timão

Evento de lançamento da chapa contou com mais de 120 pessoas em maio deste ano

Evento de lançamento da chapa contou com mais de 120 pessoas em maio deste ano

Foto: Reprodução

Após dar início a suas atividades em maio deste ano, o "Movimento Corinthians Grande" deu outro passo visando a eleição presidencial no clube, marcada para fevereiro de 2018. Por meio de comunicado oficial, os responsáveis pelo grupo anunciaram parceria com a Universidade do Futebol, instituição especializada em processos de aprendizagem e disseminação do conhecimento da modalidade.

Previsto para o final do mês de setembro, um seminário apresentado por Oliver Seitz, PhD em Football Business pela Universidade de Liverpool (Inglaterra) e diretor do Mestrado em Football Business do FC Barcelona, dá o pontapé inicial a uma série de ações que terão como objetivo identificar oportunidades para elaboração de um plano de governo para o clube.

"Agora lançamos nosso movimento de forma oficial, mas já com conteúdo para análises e discussões sobre como podemos melhorar o Corinthians como um todo. Queremos ajudar a apontar melhores caminhos e soluções para todos. Somos um grupo de pessoas com expertises diferentes, nas suas diferentes áreas profissionais, e que, sobretudo, buscam formas de uma gestão mais profissional para o clube”, explicou o advogado Felipe Ezabella, um dos idealizadores do movimento.

Leia também:
Corinthians se une a clube paulista em campanha de doação para atacante com leucemia
Fagner fala sobre fazer história no Corinthians, revela papo com Léo Príncipe e manda recado à Fiel
Rosenberg pede renegociação por Arena Corinthians e fala em 'riqueza' a ser explorada

Durante os debates organizados pelo Corinthians Grande, os participantes serão divididos em eixos bem distintos, todo visando uma melhor observação do meio do futebol. Alguns grupos de estudos são: “modelo de negócio do clube”; “análise de melhorias aplicáveis à gestão” e “análise da cultura do jogo”. Ao fim das discussões, relatórios devem servir de norte para a elaboração do plano de governo.

“Pensar o jogo é fundamental, ainda mais na dimensão estratégica. A ideia é provocar reflexões e mudanças de paradigmas que superem a visão conservadora ainda presente no futebol”, concluiu Eduardo Tega, CEO da Universidade do Futebol.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes