André Rizek sai em defesa de Carille e aponta fator determinante para derrota do Corinthians

André Rizek sai em defesa de Carille e aponta fator determinante para derrota do Corinthians

Por Meu Timão

Rizek comentou derrota do Corinthians para o Vitória

Rizek comentou derrota do Corinthians para o Vitória

Foto: Reprodução/Twitter

A derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Vitória, na tarde do último sábado, na Arena, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, deu o que falar nos programas esportivos da televisão. O apresentador e comentarista do SporTV André Rizek que o diga!

Durante participação no programa Troca de Passes, Rizek analisou a derrota do Corinthians. O comentarista, que no início da temporada ficou marcado por fazer duras críticas a Fábio Carille, agora saiu em defesa do treinador. Em sua visão, o problema do Timão nesse sábado foi a fraca atuação individual de boa parte da equipe.

"Não acho que o Corinthians abandonou sua forma de jogar. O que faltou? Faltou um brilho individual, um toque de classe, que o time não teve. Romero jogou mal, Clayson jogou mal, Moisés, que entrou no segundo tempo, tecnicamente jogou muito mal. Faltou um toque de classe, uma jogada individual, ninguém fez uma jogada individual, como o Rodriguinho fez contra o Sport, naquele golaço. Faltou um refinamento", disse.

"Após o gol, o Vitória jogou como o Corinthians, atrás, esperando oportunidades, de contra-ataque, deixando a bola com o Corinthians", acrescentou.

Sobre o Vitória, especificamente, Rizek defendeu o início de trabalho de Vagner Mancini à frente da comissão técnica da equipe baiana. Em menos de um mês, o treinador conseguiu resultados expressivos como as vitórias sobre Corinthians e Flamengo fora de casa, além de um empate contra o Cruzeiro no Mineirão. Também venceu a Ponte Preta em Salvador.

"O Vagner Mancini, desde que assumiu, deixou o Vitória muito mais competitivo. Já tirou ponto do Cruzeiro no Mineirão, ganhou do Flamengo no Rio, vem somando ponto, é outro time, o Wallace fez uma grande partida, e o time teve um outro gol legítimo, mal anulado, poderia ter sido 2 a 0 perfeitamente o jogo. Fez 1 a 0, se defendeu bem, e no contra-ataque levou perigo. É que o não tem grandes jogadores, mas foi um time organizado", declarou o comentarista.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Último treino aconteceu com a presença da Fiel na Arena Corinthians

    Em treino aberto na Arena, Carille define escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Malcom é o principal jogador do Bordeaux na temporada

    Em alta na França, Malcom aparece em lista dos 50 melhores jogadores jovens do mundo

    ver detalhes
  • Com Sócrates, Corinthians derrotou São Paulo por 3 a 1 e faturou Paulistão de 1982

    Camisa do Timão utilizada na Democracia Corinthiana entra em top 50 de revista inglesa

    ver detalhes
  • Quer trabalhar no Meu Timão? Tem vaga aberta

    FÓRUM: Quer trabalhar no Meu Timão? Tem vaga aberta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes