Fellipe Bastos brinca com falta de maturidade para ver séries e cobra melhora de Pablo no Ping-Pong

Fellipe Bastos brinca com falta de maturidade para ver séries e cobra melhora de Pablo no Ping-Pong

Fellipe Bastos foi o entrevistado da vez no 'Tudo Menos Futebol'

Fellipe Bastos foi o entrevistado da vez no 'Tudo Menos Futebol'

Foto: Reprodução/CorinthiansTV

Embora não marque presença constante dentro de campo, Fellipe Bastos parece ter grande importância para o elenco do Corinthians. Carismático e com o humor de costume, ele foi o personagem da vez no quadro “Tudo Menos Futebol”, da CorinthiansTVconfira abaixo. Logo no início do programa, o volante e todos os presentes foram surpreendidos por uma taturana. O jogador, obviamente, ajudou a acabar com o problema.

Após o imprevisto, Fellipe falou sobre o que gosta de comer, ouvir e assistir quando não está treinando ou atuando. Assíduo telespectador das novelas, o camisa 21 alvinegro não assiste séries, diferente da maioria dos seus companheiros. O motivo, porém, não é simples preferência. Trata-se de uma espécie de precaução.

“Eu sou noveleiro, gosto muito. Outro dia eu e o Jô estávamos vendo Avenida Brasil, o reprise. Acaba que fomos vendo, acompanhamos a novela das sete, das nove e eu acompanho a das 11 também. Filme eu gosto de ver, mas séries não. É que eu não tenho maturidade para ver, se eu começo, quero ir até o final, aí não tenho vida e minha esposa acaba brigando comigo. Então, para evitar fadiga, não vejo”, revelou.

Leia também:
Paixão por pastel, fuga das aulas e maratona de série: o zagueiro Balbuena fora das quatro linhas
Osmar Loss revela lado churrasqueiro, referências no rock e ídolo no futebol
Jô revela 'vício' em televisão e diz ter revisado novela da Globo com colega do Corinthians

Além das novelas, que servem como passatempo nas concentrações, os jogos também descontraem o elenco alvinegro. Fellipe Bastos é um dos que puxa a fila no ping-pong, modalidade em que Romero aparece como consenso acima dos demais. Apesar de admitir isso, o volante fez questão de se garantir entre os melhores e aproveitou para alfinetar o zagueiro Pablo.

Eu estou no top five, jogo bem. O Romero é um excelente jogador, mas eu estou ali. Eu, Rodriguinho, o Pablo está se esforçando muito, mas precisa se esforçar mais. Também jogamos Nintendo DS. Eu, Fagner, Jô, Camacho, Marquinhos Gabriel, Pedrão, Waltão, Rodriguinho, um monte de gente joga contra. Fazemos também para passar o tempo, fica uma gritaria, uma disputa, mas serve até para a gente se unir mais, é bem importante”, destacou.

Fã de samba, Fellipe Bastos ainda achou tempo para soltar a voz no vídeo produzido pela CorinthiansTV. A música escolhida foi “A Amizade”, da banda Fundo de Quintal, uma das preferidas do volante.

“Eu e meus amigos de infância sempre fazemos um churrasco no final do ano. É uma música que me emociona e sempre tem que tocar. O que seria da gente sem a amizade, sem os amigos que estão do nosso lado na hora boa e ruim”, destacou antes de soltar a voz.

Confira a entrevista de Fellipe Bastos na íntegra

Veja mais em: Fellipe Bastos e Pablo.

Veja Mais:

  • Cia. do Terno usou o espaço máster no duelo do Corinthians com o São Paulo

    Corinthians tem reunião para oficializar patrocínio máster; clube tenta incluir cláusula

    ver detalhes
  • Auditoria revelou uma série de problemas desde a inauguração da Arena

    Reunião revela valor da dívida e expõe resultado de auditorias realizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Dentinho tem três títulos com a camisa do Corinthians

    Na torcida pelo título do Corinthians, Dentinho fala sobre possível retorno: 'Está próximo'

    ver detalhes
  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes