Conheça os dois jovens da base do Corinthians que já estão nos planos de Carille para 2018

Conheça os dois jovens da base do Corinthians que já estão nos planos de Carille para 2018

Por Meu Timão

57 mil visualizações 122 comentários Comunicar erro

Marquinhos foi um dos destaques do Timãozinho na última Copinha

Marquinhos foi um dos destaques do Timãozinho na última Copinha

Foto: Rodrigo Gazzanel /Agência Corinthians

O técnico Fábio Carille, que deve mesmo permanecer no Corinthians para a próxima temporada, já tem planos para 2018. E fazem parte deles ao menos dois jovens do Sub-20 do Timão: o volante Renan Areais e o meia Marquinhos, ambos campeões da última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em entrevista concedida ao jornal Lance! e publicada nesta segunda-feira, as duas promessas corinthianas "se apresentaram" para a Fiel.

Renan Areias é primeiro volante. Chegaria ao Corinthians para exercer, por exemplo, a função desempenhada por Gabriel na atual temporada. Em jogo-treino disputado no CT Joaquim Grava na última quarta-feira, os dois inclusive se juntaram para conversar ao término do "amistoso".

"O Gabriel me deu parabéns pela atuação e deu umas dicas de onde posso melhorar. Eu agradeci, porque ele é titular do Corinthians, um cara que eu admiro muito e vejo jogar sempre, sei que é humilde. É um orgulho e um prazer imenso, porque ele é campeão de tudo, não é para qualquer um. Chegar lá e ser abraçado por ele é gratificante. Vou começar a me preparar se Deus quiser para um dia estar lá com ele", declarou.

Renan Areias foi também da Copinha-2017 pelo Corinthians

Renan Areias foi também da Copinha-2017 pelo Corinthians

Rodrigo Gazzanel /Agência Corinthians

Nem sempre, contudo, o papel de volante esteve na mente de Renan. O jovem, hoje prestes a ser promovido ao elenco profissional, se inspirava em um ídolo do São Paulo para tentar se tornar meia!

"Sempre fui o camisa 5. No meu primeiro teste eu queria ser meia, por ver Kaká e tantos outros. Mas no futsal eu já marcava e o treinador disse para mim que achava que eu seria volante, e que tinha visto poucos volantes e muitos meias. Eu falei: "Quer saber? Não vou inventar, não". Aí fui de volante mesmo. Deixa a 10 para o Marquinhos, eu marco", disse.

E que assim seja! Não será Marquinhos quem aparecerá reclamando. Aparecer, aliás, não é muito do perfil do meia. O jovem, que foi um dos destaques do meio de campo corinthiano na última Copinha ao lado de Pedrinho e Fabrício Oya, relatou justamente sua preferência por um estilo de vida (e jogo) mais tranquilo.

"Como eu sempre falo, não gosto muito de câmeras, de holofotes em cima de mim, sou um pouco mais tímido para essas coisas aí. Eu deixo tudo nas mãos de Deus. Antes do jogo do Coritiba eu conversei com o próprio Renan que nosso time tinha caras iluminados, mas que minha hora ia chegar, que eu sempre fazia gols decisivos. E acabei fazendo naquele jogo. Enquanto os holofotes vão para outros eu fico tranquilo, trabalho na minha, longe da mídia e com tudo nas mãos de Deus", comentou.

Saber que Carille planeja utilizá-lo em 2018, é claro, o motiva. A expectativa é aproveitar ao máximo os últimos meses sob comando de Dyego Coelho para, então, confirmar a expectativa e ser promovido ao elenco profissional do Timão no ano que vem.

"Serve como motivação para a gente continuar fazendo o que faz aqui na base. E serve também para a gente querer mais a todo dia, continuar evoluindo para chegar preparado quando estiver lá, buscando espaço e nosso sonho de sermos jogadores profissionais. Eu já não tenho a Copa São Paulo, são meus últimos cinco meses na base. Então procuro evoluir cada dia mais, como falei, para chegar preparado e ganhar oportunidades, chegar adaptado e fazer por merecer", contou.

Veja mais em: Base do Corinthians, Fábio Carille e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes