Corinthians bloqueia transferência na CBF e jovem segue sem jogar na Espanha

Corinthians bloqueia transferência na CBF e jovem segue sem jogar na Espanha

71 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Caio Emerson foi autor de sete gols na conquista da Copa do Brasil Sub-17 de 2016

Caio Emerson foi autor de sete gols na conquista da Copa do Brasil Sub-17 de 2016

Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Caio Emerson não tem contrato com o Corinthians desde o último mês de fevereiro, quando foi atuar na equipe B do Granada. E apesar de já até treinar entre os profissionais, até agora, não pode atuar com a camisa do clube espanhol. A reportagem do Meu Timão apurou que o atacante está impossibilitado de jogar por medidas jurídicas tomadas pelo Corinthians junto à Confederação Brasileira de Futebol.

Além de não enviar o atestado liberatório, os advogados do Timão solicitaram o bloqueio de sua transferência na CBF. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, "como o jovem foi embora enquanto o contrato de formação estava em vigência, o clube tem o direito de pedir o bloqueio na CBF".

Leia também:
De olho em retorno ao Corinthians, Lucca recusa proposta árabe e segue na Ponte
Internamente, Corinthians vê lado positivo em aproximação do Grêmio no Brasileirão
Balbuena 'distribui' camisetas do Corinthians para companheiros da seleção paraguaia

Agora, há dois caminhos a ser seguido pelo estafe do jovem, de 18 anos. O primeiro é solicitar que o Granada entre em contato com o Corinthians e acerte um valor de ressarcimento. O segundo é conseguir a liberação na Justiça. Nesse caso, porém, a ação deve ser direcionada à CBF, e não ao Corinthians.

Esse imbróglio todo acontece neste momento porque clube e estafe do atacante não chegaram a um acordo quando da transição do contrato de formação para o primeiro contrato profissional. O de formação tinha validade até 26 de fevereiro deste ano e, segundo os dirigentes do Timão, o jogador abandonou o elenco ainda em junho de 2016, após diversas tentativas de acordo dos dirigentes com empresários e familiares.

Caio Emerson foi contratado pelo Corinthians sem custos do Cruzeiro quando atuava na Sub-15. Pelo acordo inicial, ainda na gestão Mário Gobbi Filho, o clube teria de pagar R$ 1 milhão ao término do contrato de formação. Já sob o comando de Roberto de Andrade, o Timão buscou acordo por um valor menor. E aí o imbróglio começou.

Antes de embarcar para a Espanha, Caio Emerson foi um dos destaques da equipe alvinegra nos campeonatos de base, sendo campeão da Taça BH, do Mundial Sub-17 de 2015 e da Copa do Brasil Sub-17, em 2016, onde foi o artilheiro da competição com sete gols marcados.

Veja mais em: Base do Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Carille, alvo de interesse de Al-Hilal, afirmou que a imprensa 'mente demais'

    Associação de jornalistas de São Paulo emite nota de repúdio por declarações de Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Maycon, Júnior DUtra & cia. está na terceira posição no Brasileirão

    Sexta rodada acaba, e Corinthians segue 'nas cabeças' do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes