Cássio dá cara a tapa após derrota do Corinthians, rechaça críticas, mas faz alerta

Cássio dá cara a tapa após derrota do Corinthians, rechaça críticas, mas faz alerta

Por Meu Timão

Cássio conversou com a imprensa após treino desta segunda-feira à tarde

Cássio conversou com a imprensa após treino desta segunda-feira à tarde

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após ser eleito o melhor corinthiano em campo na derrota por 2 a 0 para o Santos, o goleiro Cássio recebeu outra difícil missão nesta segunda-feira: enfrentar a imprensa no CT Joaquim Grava. O camisa 12 alvinegro foi escolhido para conceder entrevista coletiva no dia seguinte ao segundo revés consecutivo do Timão, ainda líder do Brasileirão.

Sem meias palavras, Cássio saiu em defesa do elenco, evitou apontar culpados pela derrota na Vila Belmiro e mirou “vida nova” ao Corinthians na Série A. Embora dona da primeira colocação de forma isolada desde a quinta rodada, a equipe de Fábio Carille tem apenas o terceiro melhor aproveitamento no segundo turno.

“Há preocupação no sentido de que os resultados não estão vindo. Se for ver o campeonato, temos três derrotas em muitas rodadas. Não é anormal. O que dificulta é vir de duas derrotas seguidas. Ficamos muito chateados com a derrota, mas isso até ontem. Hoje já tem de virar a página. Quando vencíamos, também esquecíamos no dia seguinte. É virar o disco”, afirmou Cássio. “Nada melhor do que buscar uma vitória na Sul-Americana para reabilitar”.

Leia também:
Focado no Racing, Corinthians se reapresenta sem Arana, mas com novidade no meio-campo
Representante do Racing participa de reunião com a PM paulista; medida é evitar incidentes de BH

Com 50 pontos, o Corinthians teve duas oportunidades contra times da parte de baixo da tabela para aumentar sua vantagem. Entretanto, mesmo atuando dentro de seus domínios, foi derrotado por Vitória e Atlético-GO. Já diante do Santos, teve desempenho abaixo do esperado e acabou superado com gols de Lucas Lima e Ricardo Oliveira.

“Primeiro, nos preocupamos com nossas partidas. Depois vemos o que aconteceu. Ninguém tirou seis pontos da nossa equipe nessas duas derrotas. É bom que as outras equipes não consigam também. Quarta-feira, temos tudo para voltar, fazer um grande jogo, depois pensar no Vasco e dar continuidade. Temos de mostrar nossa força dentro de casa”, avisou o arqueiro.

“Temos de voltar a ser consistentes o mais rápido possível. Temos de estar mais atentos e cuidadosos aos detalhes. Aqui é só pensar em vitória. Trabalho, empenho e dedicação não faltam. Agora é tentar colocar em prática e voltar a ter regularidade”.

Leia também:
Apesar de derrota, chances de título do Corinthians dão salto; veja probabilidades
Corinthians atualiza parcial de ingressos vendidos para jogo contra Racing

Por ora, o Corinthians vira a chave e se atém à disputa da Copa Sul-Americana, torneio pelo qual enfrenta o Racing, da Argentina, nesta quarta-feira, na Arena, pela ida das oitavas de final. Para Cássio, porém, caso o Timão não conquista o heptacampeonato brasileiro ao fim de 2017, o sentimento dos jogadores e da Fiel será de frustração.

“Acredito que sim (será frustrante). Temos de carregar essa pressão de liderar o campeonato, ter feito um ótimo primeiro turno. Em nenhum momento falamos em obrigação de título, sempre pensamos jogo a jogo. Lógico que, na situação atual, se não ganhar o campeonato, para muitos será uma frustração muito grande. Mas não temos de pensar nisso ainda, só nós próximos jogos para voltar a vencer”, finalizou.

Veja mais em: Cássio, CT Joaquim Grava, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes