Retorno acima do esperado faz Marciel ganhar moral no Corinthians; jovem joga quarta

Retorno acima do esperado faz Marciel ganhar moral no Corinthians; jovem joga quarta

23 mil visualizações 206 comentários Comunicar erro

Marciel surpreendeu em atuação contra o Santos

Marciel surpreendeu em atuação contra o Santos

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O lateral-esquerdo Guilherme Arana não enfrentará o Racing Club (ARG), nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, e tem retorno previsto para o próximo domingo, quando o Corinthians recebe o Vasco, pela 24ª rodada do Brasileirão, na mesma Arena Corinthians. Marciel será a opção novamente. Uma decisão tomada pela comissão técnica com base em duas situações.

A primeira, claro, na situação física do próprio titular, que ainda não está 100% recuperado da lesão muscular na coxa direita e necessita de mais uma semana cheia de treinos para ficar apto. A segunda: o desempenho acima do esperado de Marciel na derrota para o Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro.

A reportagem do Meu Timão apurou que a comissão técnica do Timão se surpreendeu com a desenvoltura do futebol apresentado por Marciel após quase seis meses de inatividade - jogador não atuava desde o dia 29 de março, contra a Linense, ainda na primeira fase do Estadual. A análise interna foi de que, além de não comprometer defensivamente, o improvisado volante ainda deu boa saída pelo lado esquerdo.

Leia também:
Focado no Racing, Corinthians se reapresenta sem Arana, mas com novidade no meio-campo
Expectativa, problema e retorno como titular: o recomeço de Marciel no Corinthians

O jovem, de 22 anos, foi sentir cãibras apenas na etapa final do clássico, algo visto pela comissão técnica como acima do esperado. O volante acabou substituído por Giovanni Augusto aos 38 do segundo tempo, quando a equipe tentava atacar mais em busca do empate.

Marciel ficou fora dos gramados por esse longo período por dois motivos. O primeiro foi a regularidade e o bom futebol do titular Arana, que se tornou peça fundamental na equipe de Fábio Carille. Para piorar, Moisés era visto como substituto imediato, situação essa que se alterou após o mau futebol apresentado nos últimos jogos.

O segundo - e mais sério dos motivos -, foi o remédio tomado sem o conhecimento dos médicos do clube para o tratamento de alopécia areata, doença emocional (estresse e ansiedade) que tem como principal característica a queda de cabelo em placas. Como a substância poderia ser pega no doping, o jogador foi retirado das listas de relacionados e passou a treinar no CT sem perspectiva de jogar.

Veja mais em: Marciel, Guilherme Arana e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, falou sobre a ausência de Fagner

    Na esteira de rivais, Corinthians também reclama da convocação de Fagner: 'Não ficamos satisfeitos'

    ver detalhes
  • Corinthians tem campanha irregular no Brasileiro nas mãos de Loss

    Fiel dispara contra Loss na web após derrota do Corinthians; veja melhores comentários

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes