Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

6.1 mil visualizações 134 comentários

Por Meu Timão

Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

A viagem do Corinthians à Argentina vai forçando o diretor de futebol Flávio Adauto a fazer pronunciamentos diante da imprensa. Um dia após se manifestar publicamente a respeito de polêmica envolvendo o atacante Jô, coube agora ao dirigente, pouco após a eliminação do Timão na Copa Sul-Americana, disparar contra a arbitragem do uruguaio Leodan González.

"Um dos melhores exemplos da qualidade de arbitragem da América do Sul. Caseiro, pica o jogo, vai amarrando, não deixa que o jogo flua, faz o jogo do time da casa. Não tem um erro crasso, mas não deixa o jogo rolar", analisou Adauto.

Leia também:
Atuação 'relâmpago' de Rodriguinho movimenta redes sociais; confira reações
Após eliminação, Carille admite que Corinthians 'caiu na pilha' do Racing
Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians

"A grande falha do árbitro é a somatória de dezenas de pequenas falhas. É o típico árbitro latino-americano, manhoso, fazedor de média e que sai de campo como se nada tivesse acontecido. São verdadeiros artistas para terminar o jogo como se tudo tivesse sido bom, mas foi horrível", completou.

Ao término do jogo, praticamente todos os jogadores do Corinthians se dirigiram à equipe de arbitragem no centro do gramado do estádio El Cilindro em um princípio de confusão. Na saída de campo Balbuena e Fagner detonaram a atuação do juiz.

No entendimento de Flávio Adauto, foram insuficientes os quatro minutos dados de acréscimo: "Ele deu quatro minutos de acréscimo e não teve um de jogo, poderia dar cinco, seis ou sete em função do que aconteceu", argumentou.

"Talvez o problema é que a gente não fale espanhol. A gente lamenta, perdeu a classificação, mas sabemos que o time se dedicou, lutou bastante. Temos que pensar no jogo contra o São Paulo, não adianta ficar chorando", finalizou, já projetando o jogo do próximo domingo, às 11h, no Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja mais em: Flávio Adauto e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Vítor Pereira foi anunciado há exatos três meses pelo Corinthians; seu primeiro jogo, porém, aconteceu dias depois

    Vítor Pereira completa três meses de Corinthians com 52.63% de aproveitamento; relembre trajetória

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Abimael, à direita, assinou com o Corinthians por dois anos

    Corinthians acerta contratação de lateral-esquerdo ex-Palmeiras para o Sub-20

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x