Cássio rebate insinuações contra Corinthians: 'Querem nos desestabilizar, mas não vão conseguir'

Cássio rebate insinuações contra Corinthians: 'Querem nos desestabilizar, mas não vão conseguir'

Por Meu Timão

2.7 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Cássio saiu em defesa do Corinthians

Cássio saiu em defesa do Corinthians

Reprodução/YouTube

O Corinthians, nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, vem sendo alvo de inúmeras insinuações de favorecimento por conta de decisões polêmicas de arbitragem. E coube ao goleiro Cássio, nesta terça-feira, mandar um "papo reto" aos críticos.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira no CT Joaquim Grava, Cássio disparou contra aqueles que fazem acusações injustas e indicou uma baixa qualidade da arbitragem do Campeonato Brasileiro tanto "para o bem quanto para o mal".

"Não incomoda, eles falam da arbitragem, não tem relação com nós. Querem nos desestabilizar, mas não vão conseguir, somos líderes com méritos. Desde o começo do ano tivemos críticas e nós nos concentramos e chegamos aos objetivos. Concordo que há erros, mas são para todos os lados. Não vejo uma equipe mais prejudicada ou ajudada", disse.

Aqui vale destacar que o Meu Timão publicou na semana passada uma reportagem com todos os erros (contra e a favor) da arbitragem em jogos do Corinthians na atual edição do Brasileirão. Para surpresa de muitos críticos, a equipe comandada por Fábio Carille também foi bastante prejudicada por erros de árbitros e auxiliares ao longo da competição até aqui...

Contra tudo e contra todos

Tendo de lidar com críticas de adversários e setores da imprensa, o Corinthians segue líder do Brasileirão com dez pontos de vantagem para o segundo colocado. E no entendimento de Cássio o empate diante do São Paulo, no último domingo, serviu como impulso para o Timão já de olho na reta final da competição - restam 13 rodadas para o término do torneio.

"Neste último jogo, fomos abaixo no primeiro tempo, entramos desligados e fizemos um segundo tempo consistente. As pessoas se baseiam pelo nosso primeiro turno, o melhor da história. Mas jogar lá contra um clube na situação que está, foi um resultado bom. Muitos times perderam pontos lá. E sabemos como é a semana depois de perder um clássico. Foi positivo. Vamos continuar trabalhando forte, pensando jogo a jogo. Vamos buscar os três pontos em Minas", declarou, já projetando o embate contra o Cruzeiro, neste domingo.

"Nem fiz cálculo de quantos pontos para ser campeão. A gente vive a cada jogo. Não sei falar em quantos pontos seríamos campeões", acrescentou.

Encerrada a 25ª rodada do Brasileirão, os matemáticos apontaram o Corinthians com mais de 80% de chances de terminar com a taça. E se por um lado o Grêmio despencou, por outro é importante destacar a boa fase dos paulistas Palmeiras e Santos na luta pelo topo da classificação. Cássio falou sobre a concorrência pela liderança:

"Acho que todo time tem (que sonhar), tem muito ponto pela frente ainda. Trabalhamos falando que falta bastante coisa, não nos apegamos em campanha do primeiro turno, 10 pontos é uma diferença boa, mas é normal. Não temos de nos preocupar com o que estão falando nas outras equipes. Temos que dar o nosso melhor", declarou.

Veja mais em: Cássio, Campeonato Brasileiro e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes