Corinthians volta a se reunir com agente de Pablo; solução segue distante

Corinthians volta a se reunir com agente de Pablo; solução segue distante

16 mil visualizações 242 comentários Comunicar erro

Pablo ainda não tem permanência garantida em 2018

Pablo ainda não tem permanência garantida em 2018

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians segue em busca de um acordo pela permanência definitiva de Pablo na próxima temporada. Os dirigentes do clube voltaram a se reunir nesta terça-feira com Fernando César, advogado e agente do zagueiro. As tratativas, porém, seguem complicadas.

A reportagem do Meu Timão apurou que há uma diferença substancial entre a pedida do representante do camisa 3 e os valores oferecidos pelo clube, tanto em termos de luvas quanto de salário. As partes ficaram de conversar novamente em um futuro próximo. Seu vínculo é válido somente até o final deste ano.

Leia também:
Carille saca dois titulares, recua Rodriguinho e testa nova escalação no Corinthians
Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'
Contratações à vista? Pablo fica? Planos para 2018? Roberto de Andrade abre o jogo

A dificuldade para um acerto é consequência do interesse do Flamengo, que teria oferecido valores altos para o defensor e também de comissão para Fernando César. Em recente entrevista ao GloboEsporte.com, Pablo confirmou que o clube carioca já fez contato com seu representante, mas ponderou que a prioridade seria do Corinthians por ser o clube que apostou nele quando estava sumido na França.

Além de acertar os detalhes com o jogador, o Timão ainda precisa adquirir os direitos econômicos junto ao Bordeaux. Por contrato, definido na sua chegada por empréstimo, o clube tem de pagar 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões). Esse valor é apenas para o Corinthians. Caso o Flamengo ou outro clube se interesse, haverá uma nova negociação com os franceses.

No fim de julho, o Corinthians dava como certa a compra de Pablo por 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 4,4 milhões), além de 15% dos direitos do atacante Malcom. A negociação com o empresário travou, fazendo com que o acordo com os franceses também não vingasse. O Timão, inclusive, já vendeu o percentual do atacante ao Bordeaux sem incluir o defensor na negociação.

Veja mais em: Pablo e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes