Vice da Copinha, volante lembra passagem pelo Corinthians e mira título da Série C

Vice da Copinha, volante lembra passagem pelo Corinthians e mira título da Série C

Por Meu Timão

Dawhan deixou Timão em dezembro rumo ao CSA; agora, pode ser campeão

Dawhan deixou Timão em dezembro rumo ao CSA; agora, pode ser campeão

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Um ex-jogador das categorias de base do Corinthians tem brilhado na Série C do Campeonato Brasileiro. O jovem Dawhan, de 21 anos, é um dos destaques do CSA-AL na temporada e pode se sagrar campeão da terceira divisão em 2017. Em entrevista ao portal ESPN.com.br, ele comemorou o momento da carreira, impulsionada pelo período que passou no Parque São Jorge.

“Eu comecei o ano no banco de reservas, mas tive uma grande chance dada pelo técnico Oliveira Canindé. Eu agarrei e nunca mais saí do time. Fui eleito o jogador revelação do Alagoano. Infelizmente não fomos campeões, mas fizemos um bom torneio”, iniciou Dawhan, camisa 5 do CSA.

“Na Série C do Brasileiro eu dei continuidade ao meu trabalho. Hoje nós conseguimos o acesso (à Série B) e estou jogando bem. Agora vamos buscar o título”, acrescentou o volante, que defendeu Vitória, Internacional e Fluminense antes de jogar pelo time paulista.

Nascido em Aracaju, Dawhan se destaca pela versatilidade: pode atuar tanto no meio de campo como na defesa. Durante a campanha do Corinthians no Brasileiro Sub-20 2016, foi titular e disputou as finais contra o Botafogo – os garotos foram derrotados na Arena Corinthians por 2 a 0, resultado que rendeu o título ao adversário carioca.

“Foi uma passagem muito boa e conheci muitas pessoas de qualidade. Sempre íamos para os treinos dos profissionais no CT Joaquim Grava. Eu fui campeão paulista Sub-20 em 2015. Foi um clube que me ajudou bastante e fiz muitos amigos por lá”, comentou.

Leia também:
Delegação do Corinthians desembarca em Corunha, na Espanha
Final no vôlei e amistoso na Europa: confira os jogos do Corinthians em outras modalidades na semana

Além do vice-brasileiro, Dawhan fez parte do elenco alvinegro que chegou à decisão da Copa São Paulo de juniores em 2016. Na ocasião, o Timão perdeu o título nacional nos pênaltis para o Flamengo.

Questionado sobre por que não foi promovido ao plantel profissional do clube pós-Brasileiro Sub-20, o volante é sincero: “Eu acho que tinham muitos jogadores na minha posição. Os diretores acharam melhor não renovar comigo porque não teria chance de mostrar meu trabalho. Mas a vida continua e só tenho mesmo que agradecer ao Corinthians por tudo. É um grande clube e uma vitrine enorme”, finalizou.

O CSA de Dawhan enfrenta o São Bento neste sábado, às 19h30 (de Brasília), em Maceió, valendo vaga para a finalíssima da Série C. No duelo de ida, vitória dos visitantes por 1 a 0.

Você sabia?!

Antes de se transferir para o CSA, em dezembro de 2016, Dawhan buscou conselhos do amigo Pedrinho, que nasceu em Maceió. “Logo que surgiu essa chance eu falei com o Pedrinho. Eu sou de Aracaju e não sabia como era lá dentro do clube. Por ser de Maceió, o Pedrinho me explicou tudo como era e me deu detalhes. Nisso, eu acertei com o CSA. As informações dele foram muito importantes”, admitiu.

Veja mais em: Base do Corinthians e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes