Para manter elenco focado, Carille e diretoria evitam falar de arbitragem no Corinthians

Para manter elenco focado, Carille e diretoria evitam falar de arbitragem no Corinthians

Por Meu Timão

910 visualizações 29 comentários Comunicar erro

Carille tenta tranquilizar jogadores após erros de arbitragem

Carille tenta tranquilizar jogadores após erros de arbitragem

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Diante das decisões equivocadas da arbitragem nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, grande parte dos clubes se posicionou abertamente ou de forma oficial diretamente na CBF. O Corinthians, no entanto, busca fazer justamente o contrário. Observando o elenco muito "pilhado" depois da polêmica em torno do gol de Jô, contra o Vasco, Carille e a diretoria alvinegra querem evitar o assunto no CT Joaquim Grava. A informação é do UOL Esporte.

Embora sempre tenha preferido evitar falar sobre o tema, os últimos acontecimento acentuaram a "calma" do treinador com relação a arbitragem. Mesmo tentando evitar que o medo de represálias afete seus comandados, é visível o nervosismo do plantel. Do jogo contra os cariocas para cá, o duelo contra o Racing, principalmente, mostrou um desequilíbrio preocupante na equipe - que teve Jô e Rodriguinho expulsos. Depois das reclamações nas primeiras entrevistas após o confronto, os jogadores logo retomaram o discurso calmo nos seguintes.

Fora o duelo contra os argentinos, outro confronto que gerou reclamações gerais foi o contra o Flamengo, em Itaquera. O gol mal anulado de Jô irritou até mesmo Carille, além do próprio clube, que chegou a alfinetar a arbitragem em suas redes sociais.

Leia também:
Corinthians do returno já se aproxima do número de gols tomados em toda primeira metade
Jô reassume Bola de Ouro, e Corinthians tem cinco representantes na 'seleção ideal' do Brasileirão
Renda alta e ensino superior completo: o perfil do corinthiano que vai à Arena

Assim como na parte de arbitragem, a cautela também dita o tom das cobranças feitas pelo treinador por conta dos resultados no segundo turno. Com a queda de produção, o Corinthians já começa a ser questionado e vê os rivais se animarem na briga pelo título. Já no vestiário do Mineirão, após o empate contra o Cruzeiro, o treinador alvinegro tranquilizou seus jogadores.

"Faltam 12 rodadas e a gente está com uma vantagem de oito pontos, assim como virou o turno. Pode ser melhor! Se eu estou cobrando e vou ficar falando isso é porque sei e vocês também sabem. Eu nem vou falar de resultado, gosto de falar de desempenho e a gente sabe que pode ser mais. O campeonato vai ser difícil até o fim. Não fica escutando aí fora. Esquece isso. Vamos jogo a jogo", disse o comandante.

Veja mais em: Fábio Carille, Diretoria do Corinthians, Erros de arbitragem e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Tem clássico! Timão e São Paulo decidem na terça vaga à semifinal da Copa RS

    Corinthians faz clássico contra São Paulo nas quartas da Copa RS

    ver detalhes
  • Rosenberg chamou Leila Pereira de 'imperadora' do Palmeiras e ironizou Allianz: 'Pneu deitado'

    Diretor do Corinthians ironiza Palmeiras e diz que 'Fiel não aceitaria imperadora'

    ver detalhes
  • Corinthians e Internacional se enfrentaram pela liderança do Grupo B da Copa RS

    Corinthians vai bem, mas cede empate para Internacional e deixa escapar liderança na Copa RS

    ver detalhes
  • 'Não sei por que fazem tanto romance em torno disso', declarou Rosenberg sobre dívida pela Arena

    Rosenberg atualiza dívida do Corinthians pela Arena: 'Na pior das hipóteses, deve R$ 650 milhões'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes