Com 21 gols, Jô diz que desempenho na temporada é acima do esperado até por ele

Com 21 gols, Jô diz que desempenho na temporada é acima do esperado até por ele

Por Meu Timão

Jô comemora o gol contra o Coritiba, o 21º dele na temporada

Jô comemora o gol contra o Coritiba, o 21º dele na temporada

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Jô foi o artilheiro do Corinthians no Paulistão, com seis gols (cinco deles em clássicos). Jô é o artilheiro do Campeonato Brasileiro com 14 gols (ao lado de Henrique Dourado). Com 21 gols, Jô é o principal artilheiro do Corinthians em 2017. Números que causam impactam e surpreendem até mesmo o próprio centroavante.

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, o experiente jogador falou sobre o seu atual momento no clube que o revelou. E o camisa 7 foi sincero.

"Prova que eu tenho trabalhado bem. Lógico que eu esperava fazer um bom ano, mas não nesse nível, até pelo tempo que eu fiquei parado", assumiu Jô, que ainda completou:

"Devo muito também ao trabalho da equipe, todos entenderam minha maneira de jogar e as movimentações, e isso facilita. Fico feliz, o clube me deu confiança, muitos não acreditaram, e hoje posso dar alegrias ao clube e à torcida", lembrou o centroavante, autor de um dos três gols na vitória corintiana sobre o Coritiba.

Leia também:
Cássio e Balbuena em preleção emocionante: 'Quem manda aqui somos nós!'
Dupla retorna contra o Bahia, mas Pablo ainda é dúvida no Corinthians
Artilheiro e Cássio se destacam; lateral é eleito o pior em campo pela torcida

Assim como outros companheiros e o técnico Carille, o atacante projetou a reta final do Corinthians e o que será necessário para que a equipe levante o troféu do título nacional. Jô não escondeu que a ansiedade começa a tomar conta do ambiente.

"Ele (Carille) não coloca número para a gente, ele coloca jogo a jogo. Mas somos seres humanos, sabemos que essas cinco vitórias praticamente já dão o título. É bom ir jogo a jogo, mas a ansiedade é grande", afirmou o camisa 7, que não negou a diferença entre os dois turnos da equipe no Brasileirão 2017.

"Muito difícil, o segundo turno é complicado, acho que temos feito o suficiente. São jogos difíceis, aos trancos e barrancos, mas o fato de ter feito aquele primeiro turno ainda temos esse certo conforto. Acredito que estamos dando passos importantes rumo a esse objetivo", finalizou.

Veja mais em: e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Atacante turco teve a pior nota média da derrota contra a Ponte Preta

    Estreia do Corinthians tem Kazim e Romão com piores notas para a Fiel; Carille também vai mal

    ver detalhes
  • Jadson perdeu um pênalti contra a Ponte Preta

    Jadson perde pênalti, ataque é ineficaz, e Corinthians perde na estreia do Paulistão

    ver detalhes
  • Kazim foi o centroavante do Corinthians contra a Ponte Preta

    Vaquinha por Dourado, torcedor astronauta... Fiel detona Kazim após derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Time de Carille não foi páreo para a Ponte nesta quarta; reforços podem estrear domingo

    Corinthians já tem desfalque para jogo de domingo; reforços podem atuar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes