Justiça estipula prazo para Corinthians acertar calote com pai de atacante

Justiça estipula prazo para Corinthians acertar calote com pai de atacante

Por Meu Timão

Destaque na base, Carlinhos busca espaço no time principal do Corinthians

Destaque na base, Carlinhos busca espaço no time principal do Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians terá de correr contra o tempo para quitar o débito que possui com Carlos de Lima, pai do atacante Carlinhos, que joga no clube. De acordo com notícia divulgada pelo portal ESPN.com.br nesta quinta-feira, o Timão possui três dias para efetuar pagamento superior a R$ 300 mil e evitar maiores problemas com a Justiça.

O imbróglio voltou à pauta da 15ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo na última quarta-feira. O juiz Antonio Manssur Filho ordenou que o Corinthians quite cerca de R$ 340 mil a Carlos de Lima imediatamente. O clube, portanto, tem até segunda-feira (dia útil) para solucionar o caso.

Carlinhos foi adquirido pelo Corinthians junto ao Novorizontino em 2014. Para acertar a compra de 50% dos direitos econômicos da jovem promessa, à época com 17 anos, a equipe alvinegra decidiu dividir os R$ 500 mil solicitados pelo time do interior paulista da seguinte forma: uma parcela de R$ 100 mil; outras oito de R$ 50 mil.

Ocorre que a diretoria do Timão passou a dar indícios do calote poucos meses depois. Então, no início de 2017, duas notificações extrajudiciais cobrando o valor devido foram enviadas ao clube. A cúpula alvinegra realizou outros dois pagamentos de R$ 100 mil, mas voltou a atrasar o repasse ao Novorizontino, sendo acionada na Justiça.

Leia também:
Em meio a disputa judicial, Carlinhos recebe sondagem da França e pode deixar Corinthians
Evitando erros de familiares no futebol, Carlinhos revela seu maior conselheiro no Corinthians

O processo no qual o Corinthians é réu tem como autores o técnico José Antonio Domingos e duas empresas (Jr. Souza Esporte e Marketing e I-9 Sports Gestão, Consultoria e Intermediações de Negócios), além do próprio pai do atleta. Ao todo, eles reivindicam R$ 336.418,90 do Timão, que ainda não foi notificado oficialmente.

Carlinhos foi o artilheiro da última Copa São Paulo de juniores e segue integrado ao elenco profissional. Ele soma apenas uma partida como titular.

Veja mais em: Carlinhos, Diretoria do Corinthians e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes