Proximidade com treinadores é um objetivo de Carille, que revela amizade com próximo adversário

1.3 mil visualizações 26 comentários

Por Meu Timão

Carille conversando com Levir Culpi do Santos: treinador quer relação mais próxima com companheiros

Carille conversando com Levir Culpi do Santos: treinador quer relação mais próxima com companheiros

Divulgação

Auxiliar do Corinthians por nove anos, Fábio Carille é um dos treinadores da chamada "nova geração". Mais do que renovar as ideias táticas e técnicas de sua área no país, o comandantes corinthiano tem como objetivo mudar o relacionamento entre os profissionais da função. Um dos primeiros com quem mantém conversas é Jair Ventura, adversário do Timão nesta segunda-feira.

"O Jair já mostrou o excelente profissional que é, chegou numa decisão de Libertadores contra o Grêmio jogando de igual para igual. Tem dois técnicos que tenho conversado, que é o Jair e o Zé Ricardo", revelou Carille, em coletiva concedida após o treinamento deste sábado.

"Quero estreitar a amizade. Vejo que há um distanciamento entre os profissionais aqui, algo que não existe na Europa. Também estou ficando próximo do Dorival, Eduardo. Quero estreitar laços, fazer reuniões. Já está acontecendo, mas quero mais, para o crescimento do nosso futebol", completou.

Leia também:
Carille confirma possibilidade de mudança, mas pontua: 'Não sou de desistir de jogador'
Corinthians avança na busca de parceria com equipe de e-Sports; anúncio pode sair em novembro

A vontade do treinador de manter relações mais próximas com seus companheiros de profissão já tinha ficado clara em julho. Na oportunidade, Fábio Carille saiu em defesa de Eduardo Baptista, Rogério Ceni e Dorival Júnior, demitidos de seus clubes.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x