Goiás x Corinthians

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta agora o Goiás

Acompanhe ao vivo

Corinthians está perto de alcançar seu pior turno da era dos pontos corridos; veja números

2.4 mil visualizações 55 comentários Comunicar erro

Corinthians, de Rodriguinho, perto obter o pior turno de sua história nos pontos corridos

Corinthians, de Rodriguinho, perto obter o pior turno de sua história nos pontos corridos

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O aproveitamento de 33,33% do Corinthians no returno do Campeonato Brasileiro de 2017 representa o segundo pior turno da história do clube na era dos pontos corridos, iniciada pela CBF na temporada 2003. Menos do que isso? Apenas a equipe rebaixada em 2007, que obteve 31,6% dos pontos na segunda parte daquela competição.

Esse pífio aproveitamento de Carille, Fagner, Arana, Rodriguinho, Jadson & Cia. é consequência das três vitórias, três empates e das seis derrotas em 12 jogos. Desempenho aliás que o coloca, neste momento, na zona de rebaixamento do returno, como 17º colocado. Os 12 pontos obtidos o deixam à frente apenas de Ponte Preta (menos saldo), Coritiba (10 pontos) e Sport (7 pontos).

É o segundo ano consecutivo que o Timão inicia o Brasileirão a mil por hora, mas cai de produção no returno. Em 2016, o Corinthians brigou pela primeira posição com Palmeiras e Atlético-MG até a última rodada do primeiro turno, obtendo 59,64% dos pontos. No segundo turno, o desempenho despencou, com apenas cinco vitórias em 21 jogos (36,84%).

Esse aproveitamento acima, até então, era o que mais se aproximava daquele da equipe rebaixada no segundo turno de 2007. Agora, o atual elenco já conseguiu ultrapassar esses números, passando a ter o segundo pior turno da história do clube na competição nacional.

Restam sete jogos para o fim do Brasileirão-17. Apesar da queda, o Corinthians segue na dependência de seu desempenho para ser campeão pela sétima vez.

Confira os números dos turnos do Corinthians na era dos pontos corridos (desde 2003)

2003
Turno --- 48%
Returno - 34,78%

2004
Turno --- 49,27%
Returno - 57,97%

2005
Turno --- 66,66%
Returno - 61,90%

2006
Turno --- 35,08%
Returno - 57,89%

2007
Turno --- 45,6%
Returno - 31,6%

2009
Turno --- 49,1%
Returno - 42,1%

2010
Turno --- 64,91%
Returno - 54,38%

2011
Turno --- 64,91%
Returno - 66,66%

2012
Turno --- 42,10%
Returno - 57,89%

2013
Turno --- 52,63%
Returno - 35,08%

2014
Turno --- 56,14%
Returno - 64,91%

2015
Turno --- 70,20%
Returno - 71,92%

2016
Turno --- 59,64%
Returno - 36,84%

2017
Turno --- 82,45%
Returno - 33,33%

Veja mais em: Fábio Carille, Campeonato Brasileiro e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians enfrenta o Goiás na noite desta quarta-feira

    Corinthians visita o Goiás para se manter no G4 do Brasileirão; acompanhe em tempo real

    ver detalhes
  • Carlos Augusto é uma das novidades do Corinthians para o jogo desta quarta-feira

    Com sete novidades, Corinthians confirma escalação para duelo contra o Goiás

    ver detalhes
  • Bruno Méndez atuou apenas uma vez como zagueiro titular da equipe, contra o Fluminense, no mês passado

    Méndez deve ser titular do Corinthians contra o Goiás no Serra Dourada

    ver detalhes
  • Corinthians e Goiás se enfrentam nesta noite

    TV Globo transmite Goiás x Corinthians para dez estados; veja onde assistir

    ver detalhes
  • Timão bateu o Botafogo em casa por 3 a 0

    Corinthians vence o Botafogo e terá Majestoso pela frente no Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Araos está emprestado à Ponte Preta até o fim da temporada

    Araos quase faz golaço em estreia na Ponte Preta e ganha atenção na imprensa chilena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: