Cobrada, dupla Jadson e Rodriguinho é defendida por lateral, que dá de ombros a pichações

2.9 mil visualizações 65 comentários

Fagner tratou de defender Jadson de críticas sobre má fase do meia

Fagner tratou de defender Jadson de críticas sobre má fase do meia

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Há quem entenda que a má fase do Corinthians passa, sobretudo, pela queda de rendimento de Jadson e Rodriguinho, principais articuladores da equipe na temporada. A Fagner, entretanto, não é bem assim. Escalado para conceder entrevista coletiva no CT Joaquim Grava nesta terça-feira, após o treinamento, o jogador saiu em defesa da dupla de meio-campistas.

“Futebol é coletivo. Quando nós estávamos ganhando, a gente sabia que o grupo estava bem. Agora, sabemos que o grupo teve uma queda. Não adianta falar de Jadson e Rodriguinho se todos tiveram sua parcela”, afirmou Fagner.

Leia também:
Torcida do Corinthians 'veta' Jadson e elege novo batedor de falta; veja resultado de enquete
Cornetado no Corinthians, Jadson usa redes sociais para mandar recado a 'antis' e críticos

O Corinthians somou apenas três vitórias nas doze partidas que disputou pelo returno do Brasileirão. Tal rendimento faz da equipe de Fábio Carille a 17ª pior da segunda metade da Série A, que se aproxima do fim.

Muro do Parque São Jorge pichado no domingo

Muro do Parque São Jorge pichado no domingo

Reprodução/FOXSports

A fase, aliás, motivou protesto em forma de pichações em muros do Parque São Jorge, sede social do Corinthians, após a derrota para a Ponte Preta. Questionado sobre o episódio, Fagner, um dos pilares do plantel profissional, foi contundente e disse não se importar com cobranças desse tipo.

“Sinceramente, não me incomoda, sei da minha índole, do meu caráter, sei o que faço quando saio da minha casa, largo meus filhos e venho trabalhar. Isso (pichações) não me afeta. Bola para frente”, acrescentou, recordando o êxito do Corinthians no primeiro turno – o time conquistou 47 pontos em 57 possíveis, terminando as primeiras 19 rodadas invicto.

Para outra equipe repetir um turno que o Corinthians fez, não sei o quanto vai demorar. Acontece que fazendo aquele turno, criou uma expectativa em muita gente que a situação ia se resolver antes. A gente sabia que não. Sabemos o que fizemos de bom e o que podemos fazer. Se tivesse perdendo jogos sem ter feito tudo aquilo, estaríamos preocupados. Mas sabemos a real qualidade do grupo”, avisou.

Se não tivéssemos feito tudo o que fizemos, não teríamos um parâmetro. A gente tem que se basear nas coisas boas para repetir. Temos de ir para campo para repetir até chegar neste equilíbrio”, concluiu.

Pressionado pela chance de perder o título brasileiro para o Palmeiras, o Corinthians volta a campo no próximo domingo justamente contra o arquirrival, às 17h, na Arena Corinthians. Confira o que rolou na reapresentação do Timão!

Veja mais em: Jadson, Rodriguinho, Fagner, Elenco do Corinthians, Dérbi e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians fez treino diferente nesta quinta-feira

    Corinthians treina em praia de Fortaleza antes de voltar para a capital paulista

    ver detalhes
  • Timãozinho foi superado pelo São Paulo

    Corinthians é superado pelo São Paulo fora de casa e perde liderança do Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Thalisson renova vínculo com o Corinthians até 2022

    Corinthians prorroga contrato de atacante do Sub-20 por uma temporada

    ver detalhes
  • Corinthians se classificou para a semifinal da LNF

    Corinthians supera Carlos Barbosa e garante vaga na semifinal da Liga Nacional de Futsal

    ver detalhes
  • Empate com o Fortaleza brecou mais uma chance de vitórias seguidas no Corinthians

    Corinthians não engata série de duas vitórias desde o Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Cássio tira a bola dos pés de adversário na partida contra o Fortaleza

    Fiel elege Cássio e Jô como os melhores do Corinthians contra o Fortaleza; meia é o pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: