Após conquistas e participação na Rio-2016, diretor dissidente é exonerado no Corinthians

1.6 mil visualizações 12 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Oldano Carvalho não é mais diretor do Corinthians

Oldano Carvalho não é mais diretor do Corinthians

Agência Corinthians

O clima eleitoral está deixando o Parque São Jorge em chamas. E não há água de piscina que apague o incêndio. Oldano Carvalho, agora ex-diretor de esportes aquáticos do Corinthians, que o diga!

Conforme relatado por reportagem do portal Globoesporte.com, Oldano Carvalho foi exonerado do cargo de diretor pela gestão de Roberto de Andrade nesta quinta-feira. O motivo teria sido sua dissidência para uma das chapas de oposição.

Oldano, que estava por trás do departamento de esportes aquáticos do Corinthians desde 2007 e ocupava a cadeira de diretor desde 2010, "trocou de bandeira" recentemente e se juntou à chapa "Corinthians Grande", que reúne figurões já conhecidos da política alvinegra e dissidentes da atual chapa de situação "Renovação & Transparência" - Felipe Ezabela é o candidato.

"Apesar dos bons serviços prestados, a diretoria pareceu não concordar com a minha opção por empunhar outra bandeira no processo eleitoral que se aproxima", relatou Oldano, por meio de nota à imprensa.

O presidente Roberto de Andrade, por sua vez, não esclareceu se a saída do então diretor de esportes aquáticos tem ou não relação com a política do clube. O mandatário apenas enalteceu o legado de títulos e atletas revelados deixados por Oldano:

"Nesses anos de trabalho, o departamento conseguiu grandes conquistas elevando o patamar da natação alvinegra levando seis atletas para as Olimpíadas Rio 2016 e agregando nomes de peso da natação internacional, como Thiago Pereira, Poliana Okimoto, Felipe França, Leonardo de Deus e Brandonn Almeida, que é um atleta vindo das categorias inferiores da natação, fruto do trabalho criado pela administração dele", declarou.

Em tempo: além de Ezabela, outros candidatos já confirmados para a eleição presidencial do próximo mês de fevereiro são Antonio Roque Citadini, Romeu Tuma Júnior e Osmar Stábile. Andrés Sanchez deve se lançar candidato da situação.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Cássio, Manoel e Gil não ficam à disposição de Fábio Carille contra o Cruzeiro

    Com três desfalques, Corinthians divulga relacionados para duelo com Cruzeiro; veja provável time

    ver detalhes
  • Fábio Carille reclamou de dores no joelho esquerdo recentemente

    Carille vai passar por procedimento no joelho e vira 'desfalque' para o Corinthians

    ver detalhes
  • Escudo revelado nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011 (canto inferior esquerdo)

    Escudo do Corinthians 'descoberto' nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011; entenda

    ver detalhes
  • Urso apareceu em campo pela primeira vez desde que lesionou a coxa direita

    Júnior Urso volta a treinar em campo e se aproxima de retorno ao Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner pode ganhar até quatro companheiros de posição no Corinthians em 2020

    Corinthians pode ter até cinco opções para lateral direita em 2020

    ver detalhes
  • Atacante agradou e fica para a Copinha

    Corinthians prorroga empréstimo de atacante paraguaio do time Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: