Carille diz que Camacho pensou em abandonar carreira após morte do pai

Carille diz que Camacho pensou em abandonar carreira após morte do pai

Por Meu Timão

Camacho vibra ao comemorar gol do Corinthians no último Dérbi

Camacho vibra ao comemorar gol do Corinthians no último Dérbi

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Embora campeão paulista e do Brasileirão em sua primeira temporada como técnico de futebol, Fábio Carille precisou lidar com uma situação delicada no início de maio: a morte do pai do volante Camacho, Anizio Camacho, vítima de queda no elevador de sua residência. Em participação no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, o treinador revelou que o atleta chegou a avisá-lo que abandonaria a carreira por conta da perda.

Ele mandou mensagens dizendo que ia parar de jogar futebol naquele momento”, contou Carille. “Deixamos ele bem à vontade, ficou dez dias no Rio de Janeiro. Quando voltou, deixamos ele se ambientar, as coisas foram caindo ao natural. E já voltou a treinar em seguida. Foi um dos jogadores que mais entrou comigo”, lembrou o comandante alvinegro.

Leia também:
De saída da Europa, Gabigol é elogiado por técnico do Corinthians: 'Gosto desses desafios'
Damião? Substituto para Arana? Carille abre o jogo sobre contratações do Corinthians

Segundo Carille, Camacho receberia oportunidade como titular justamente naquela semana. Com o volante fora de ação, coube a Maycon assumir a posição de segundo volante da equipe no clássico contra o Palmeiras válido pela primeira fase do Campeonato Paulista.

“O campo mostra. Era pro Camacho ter uma oportunidade, jogou contra o Audax, era pra jogar contra o Palmeiras e no domingo teve a fatalidade (morte do pai). Vai o Maycon e o time cresceu, ele mesmo se mostrou, e você não tem que pôr a mão”, recordou.

Sobre Maycon, o técnico corinthiano foi só elogios, apesar de ter tirado o camisa 8 do time considerado ideal na reta final do Brasileiro. “Foi mais! (do que eu esperava). O Paulista e o primeiro turno dele foram excepcionais. Já acompanho o Maycon desde o Sub-17, já o vi jogar como lateral-esquerdo, primeiro volante, meia... Quis sair pra Ponte ano passado, eu e o Cristóvão (Borges, então treinador) não queríamos, quando voltou teve oportunidade e abraçou. É o único que jogou todas as partidas do Brasileiro.

Veja mais em: Camacho, Maycon, Fábio Carille, Heptacampeonato brasileiro e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Crislan pertence ao Braga, mas jogou no Vegalta Sendai por empréstimo

    Em alta no Japão, atacante despista sobre sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Em meio à Fiel, Carille ergue a taça do hepta

    Como ganhar na loteria! 'Campeão de tudo' em 2018 levará R$ 144 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes