Carille diz que Camacho pensou em abandonar carreira após morte do pai

Carille diz que Camacho pensou em abandonar carreira após morte do pai

Por Meu Timão

4.2 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

Camacho vibra ao comemorar gol do Corinthians no último Dérbi

Camacho vibra ao comemorar gol do Corinthians no último Dérbi

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Embora campeão paulista e do Brasileirão em sua primeira temporada como técnico de futebol, Fábio Carille precisou lidar com uma situação delicada no início de maio: a morte do pai do volante Camacho, Anizio Camacho, vítima de queda no elevador de sua residência. Em participação no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, o treinador revelou que o atleta chegou a avisá-lo que abandonaria a carreira por conta da perda.

Ele mandou mensagens dizendo que ia parar de jogar futebol naquele momento”, contou Carille. “Deixamos ele bem à vontade, ficou dez dias no Rio de Janeiro. Quando voltou, deixamos ele se ambientar, as coisas foram caindo ao natural. E já voltou a treinar em seguida. Foi um dos jogadores que mais entrou comigo”, lembrou o comandante alvinegro.

Leia também:
De saída da Europa, Gabigol é elogiado por técnico do Corinthians: 'Gosto desses desafios'
Damião? Substituto para Arana? Carille abre o jogo sobre contratações do Corinthians

Segundo Carille, Camacho receberia oportunidade como titular justamente naquela semana. Com o volante fora de ação, coube a Maycon assumir a posição de segundo volante da equipe no clássico contra o Palmeiras válido pela primeira fase do Campeonato Paulista.

“O campo mostra. Era pro Camacho ter uma oportunidade, jogou contra o Audax, era pra jogar contra o Palmeiras e no domingo teve a fatalidade (morte do pai). Vai o Maycon e o time cresceu, ele mesmo se mostrou, e você não tem que pôr a mão”, recordou.

Sobre Maycon, o técnico corinthiano foi só elogios, apesar de ter tirado o camisa 8 do time considerado ideal na reta final do Brasileiro. “Foi mais! (do que eu esperava). O Paulista e o primeiro turno dele foram excepcionais. Já acompanho o Maycon desde o Sub-17, já o vi jogar como lateral-esquerdo, primeiro volante, meia... Quis sair pra Ponte ano passado, eu e o Cristóvão (Borges, então treinador) não queríamos, quando voltou teve oportunidade e abraçou. É o único que jogou todas as partidas do Brasileiro.

Veja mais em: Camacho, Maycon, Fábio Carille, Heptacampeonato brasileiro e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians está atenta aos resultados da rodada no Brasileirão

    Rivais diretos empatam, e Corinthians 'respira' na saideira da 29ª rodada; veja classificação

    ver detalhes
  • Renatinho (à dir.) marcou os dois gols do Corinthians em Foz do Iguaçu

    Valente, Corinthians arranca empate em jogaço pelas oitavas da LNF

    ver detalhes
  • Romero está entre os relacionados do Corinthians para final da Copa do Brasil

    Com Romero e Léo Santos, Corinthians divulga relacionados para final; concentração é antecipada

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Novo Basquete Brasil (NBB) nesta terça-feira

    Corinthians no NBB: elenco renovado, rivais e mais sobre a estreia na elite do basquete nacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes