Trunfo de Andrés Sanchez, Ronaldo ainda não tem função definida em caso de eleição

Trunfo de Andrés Sanchez, Ronaldo ainda não tem função definida em caso de eleição

Por Meu Timão

Ronaldo auxiliou o Corinthians na contratação de Adriano

Ronaldo auxiliou o Corinthians na contratação de Adriano

Foto: Daniel Augusto Jr./Fotoarena

Antes mesmo de confirmar sua candidatura, Andrés Sanchez revelou um de seus principais trunfos nas eleições para presidente do Corinthians. Trata-se do ídolo Ronaldo, campeão paulista e da Copa do Brasil pelo clube. Apesar de confirmar a participação do Fenômeno em sua gestão, o presidenciável ainda não definiu qual seria o cargo do ex-camisa 9 alvinegro. O que já se sabe é que, por não ser conselheiro, ele não teria condição legal de ser gerente de futebol.

Sendo assim, a aposta da chapa de Andrés é que Ronaldo seja mais participativo no dia a dia do clube, auxiliando na busca por patrocínios e também na contratação de jogadores, algo que já faz desde quando ainda vestia a camisa do Timão. Exemplos da influência do Fenômeno foram as chegadas de Roberto Carlos e Adriano, ambos convencidos a defender o Corinthians pelo atacante. As informações são do UOL Esporte.

Leia também:
Corinthians negocia com volante do Bahia como possível contratação para 2018
Jô volta a falar do desejo de jogar Libertadores, mas não crava permanência no Corinthians
Segundo portal, Andrés negocia possível ida de Gustavo Scarpa ao Corinthians; candidato nega

Até o momento, o ex-jogador também não deixa clara sua participação na gestão do clube em caso de eleição de Sanchez. O discurso tem sido apenas de apoio à chapa "Renovação & Transparência", como fez em 2015. Antes disso, no entanto, Ronaldo já havia sido contratado como embaixador do Corinthians, em 2011. Embora nunca tenha sido anunciada, a parceria rendeu R$ 5 milhões ao ídolo corinthiano.

O cargo, no entanto, foi abandonado aos poucos pelo Fenômeno, que se envolveu em outros projetos com a 9ine, sua empresa, e até mesmo com um clube nos Estados Unidos. Mesmo sem renovar na gestão de Roberto de Andrade, Ronaldo seguiu tentando auxiliar o marketing do clube. Nesse período, ele chegou até mesmo a tentar a aproximação com uma companhia aérea asiática para a venda dos naming rights.

Neste ano, Ronaldo quase voltou a atuar como captador de parceiros para o Corinthians. Por meio de uma empresa que é sócio, a Octagon, o ex-jogador seria o responsável por acertar acordos e angariar patrocínios para o clube. O acerto, porém, não aconteceu por conta de exclusividade pedida pela empresa do Fenômeno e negada pela diretoria alvinegra.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes
  • Corinthians foi o último sul-americano a vencer o Mundial de Clubes da Fifa

    Jornal espanhol exalta último título mundial do Corinthians; clube se pronuncia no Twitter

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes