Pistolagem e indiretas? Carille e Neto se juntam em entrevista e esclarecem suposta rusga

25 mil visualizações 98 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Neto não poupou críticas ao Corinthians durante má fase no returno do Brasileirão

Neto não poupou críticas ao Corinthians durante má fase no returno do Brasileirão

Reprodução/TV

Fábio Carille e Neto, dois relevantes personagens em meio à conquista do heptacampeonato brasileiro do Corinthians, participaram juntos de uma entrevista ao jornalista e apresentador José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes. O programa marcou o reencontro entre técnico e comentarista após uma suposta (e aparentemente inexistente) troca de farpas.

Com o título do Brasileirão devidamente confirmado, Carille concedeu entrevista coletiva na qual mandou indiretas a pessoas ligadas à imprensa que fizeram chacota de seu trabalho ao longo da temporada como treinador do Corinthians. Muitos interpretaram tal comentário como direcionado ao ex-meia e atual comentarista da Neto - tudo por conta da "pistolagem" no programa Donos da Bola do início do mês de novembro que viralizou nas redes sociais.

"Para falar verdade, em nenhum momento vi alguém falar sobre o vídeo (do desabafo do Neto), não levei para preleção. Quando disse depois do jogo contra o Fluminense, muitos acharam que era do Neto (que eu estava falando). O que achei legal é que ele reconheceu que pegou pesado. Não me pediu desculpas e não precisa", esclareceu Carille.

"O que fiquei chateado foi com o deboche de pessoas que colocavam imagem sua na televisão e ficavam comentando (no início da temporada). Sei bem que são as pessoas, algumas encontrei, outras não. Eu não quero que ninguém peça desculpas. Mas tem pessoas que falaram muito mal e não reconhecer que depois aconteceu de forma positiva. Fico chateado com essas pessoas", completou.

Neto, que também participou do programa, aproveitou a oportunidade para colocar ponto final em qualquer rusga existente com Carille. O comentarista rasgou elogios ao treinador do Corinthians, o colocando inclusive acima de Tite no que diz respeito à reconstrução de peças:

"Quando eu fiz aquele vídeo, posso ter sido mal interpretado. Ele (Carille) transformou o Corinthians mais do que o Tite, se fosse o Tite o técnico em 2017, o Corinthians não seria campeão. O Carille que ajeitou a situação do Cássio, fez o Arana, o Marquinhos Gabriel jogar... Ele que fez o time jogar", pontuou.

Veja mais em: Neto, Fábio Carille e Heptacampeonato brasileiro.

Veja Mais:

  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes
  • Vic Albuquerque durante comemoração do primeiro gol da vitória corinthiana

    Corinthians supera colombianas na Libertadores Feminina e encaminha vaga para próxima fase

    ver detalhes
  • Momento em que Dudu, do Goiás, toca na bola com o braço

    'Zerado' no primeiro semestre, Corinthians chega ao quarto pênalti em 2019; veja curiosidades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: