Sheik, Lucca, Marllon... Rebaixada, Ponte Preta anuncia 16 dispensas; Corinthians de olho

Sheik, Lucca, Marllon... Rebaixada, Ponte Preta anuncia 16 dispensas; Corinthians de olho

Ídolo do Corinthians, Sheik não fica na Ponte em 2018

Ídolo do Corinthians, Sheik não fica na Ponte em 2018

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O rebaixamento à Série B obrigou a diretoria da Ponte Preta a promover uma limpa no elenco profissional. Limpa esta, aliás, acompanhada de perto pelo Corinthians. Ao todo, 16 atletas estão de saída do clube campineiro, entre eles o zagueiro Marllon, monitorado pelo Timão nas últimas semanas, e o atacante Emerson Sheik, ídolo do clube.

Os seguintes jogadores não fazem parte dos planos da Ponte Preta na segunda divisão em 2018: João Carlos, Nino Paraíba, Marllon, Yago, Elton, Jadson, Artur, Fábio Ferreira, Wendel, Fernando Bob, Jean Patrick, Renato Cajá, Emerson Sheik, Léo Gamalho, Maranhão e Lucca.

O Corinthians, portanto, tomará providências em relação a dois dos jogadores listados acima: Yago e Lucca. Tanto o zagueiro como o atacante pertencem ao Timão e atuaram pela equipe de Campinas ao longo da temporada. A tendência é apenas o primeiro ser reintegrado – recentemente, Lucca teve o nome envolvido em uma possível troca com o rival São Paulo, que cederia o lateral-esquerdo Júnior Tavares ao técnico Fábio Carille.

Leia também:
Presidente do Corinthians fala sobre Renê Júnior, tenta despistar, mas admite outas negociações
Carille vê possível manutenção do elenco no Corinthians, mas pondera: 'Não dá para cravar'

Em relação a Marllon, comissão técnica e diretoria do Corinthians garantem não haver proposta oficial pelo zagueiro de 25 anos. Entretanto, como o clube já adiantou que dará preferência a contratações que não demandem investimentos para compra de direitos econômicos, uma eventual investida do Timão pelo jogador não está descartada. Além disso, o clube busca repor a saída de Pablo.

Última chance? – Aos 39 anos, Emerson Sheik não seguirá na Ponte Preta ano que vem. Entre os torcedores corinthianos, há quem defenda que o atacante, herói alvinegro na final da Copa Libertadores de 2012, contra o Boca Juniors, encerre a vitoriosa e polêmica carreira no Parque São Jorge. Carille, por sua vez, nunca escondeu o apreço pelo veterano, com quem conviveu no CT Joaquim Grava como auxiliar.

Veja mais em: Lucca, Yago, Jogadores emprestados, Mercado da bola, Emerson Sheik, Fábio Carille e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Crislan pertence ao Braga, mas jogou no Vegalta Sendai por empréstimo

    Em alta no Japão, atacante despista sobre sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Em meio à Fiel, Carille ergue a taça do hepta

    Como ganhar na loteria! 'Campeão de tudo' em 2018 levará R$ 144 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes