Arana revela momento de 'temor' no Corinthians e recorda comemoração contra Palmeiras

Arana revela momento de 'temor' no Corinthians e recorda comemoração contra Palmeiras

Por Meu Timão

5.3 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Arana já assinou contrato com o Sevilla

Arana já assinou contrato com o Sevilla

Foto: Divulgação

Devidamente oficializado como reforço do Sevilla até 2022, Guilherme Arana vive a expectativa de enfim seguir um caminho distante do Corinthians em sua carreira. O jovem de 20 anos de idade, no entanto, não deixa de olhar para trás ao falar de seu atual momento. Não à toa, o Timão foi um dos assuntos em entrevista concedida ao portal Goal.com.

Ao ser questionado se temera em algum momento que sua carreira não atingisse sucesso, Arana foi bastante sincero. Em 2015, quando não estava nos planos de Tite, foi emprestado ao Atlético-PR (e um mês depois retornou para suprir a lacuna deixada pelo recém-negociado Fábio Santos). Nessa época, o lateral colocou seu futuro em xeque.

"Quando subimos da base, queremos ter oportunidades. Eu, quando fui promovido ao time principal do Corinthians, notei que seria muito difícil ser aproveitado,porque o time tinha dois bons laterais (Fábio Santos e Uendel). Fui emprestado para o Atlético-PR, e acabei por chegar um pouco desmotivado. Não é fácil você trocar o maior do clube do Brasil pelo Atlético-PR, mas isso, claro, sem desmerecer o clube paranaense. É fato que a diferença é muito grande", comentou.

"Pensei que o meu futuro pudesse ter contornos diferentes, mas tenho uma família muito bem estruturada e que sempre me apoiou. Com os pés no chão, segui trabalhando e logo retornei ao Corinthians. Daí em diante as coisas começaram a melhorar", completou.

No fim das contas, Arana deixou o Corinthians com três títulos de grande expressão na bagagem: o Paulistão de 2017 e os Brasileirões de 2015 e 2017. Na atual temporada, se tornou titular absoluto sob comando do técnico Fábio Carille.

Viu essa? - A torcida do Corinthians aproveitou o início da "era Guilherme Arana" no Sevilla para acompanhar a primeira partida do time espanhol após a confirmação da transferência do lateral-esquerdo multicampeão pelo Timão. No último sábado, a Fiel repercutiu nas redes sociais a goleada sofrida por 5 a 0 para o Real Madrid - o ex-camisa 13 alvinegro não jogou.

Algoz do Palmeiras

Em sua passagem pelo Corinthians, Guilherme Arana se especializou em realizar boas atuações diante do Palmeiras. Foi contra o arquirrival, afinal de contas, que o lateral marcou dois de seus três gols com a camisa alvinegra.

Na campanha corinthiana do heptacampeonato brasileiro, neste ano de 2017, o Timão de Arana venceu o Palmeiras duas vezes - e em contextos bem distintos. No primeiro turno, com direito até mesmo a provocação do lateral, triunfo de 2 a 0 no Allianz Parque; no segundo turno, em clássico que marcou a retomada do Timão na competição, vitória por 3 a 2.

  • Risada na comemoração do gol no Allianz Parque: "Surgiu na hora mesmo, foi para tirar um sarro. Clássico de torcida única, né? Só tinha palmeirense no estádio, então resolvi fazer uma brincadeira. A comemoração ficou famosa porque o estádio estava calado e conseguiram flagrar bem a minha risada. Foi muito legal."
  • Importância da vitória em Itaquera: "O nosso primeiro turno foi brilhante, mas no segundo tivemos uma caída. O Palmeiras encostou, a imprensa todinha começou a falar muito... A pressão foi muito grande em cima do nosso grupo. A reviravolta aconteceu diante do próprio Palmeiras, dentro da nossa casa, com uma vitória fundamental. Ali demos um salto enorme e retomamos a moral."

Veja mais em: Guilherme Arana e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fagner não conseguiu estufar as redes do Barradão nesta quarta

    Corinthians aposta na defesa, sai ileso do Barradão e segue vivo na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Ralf deixou campo aos prantos no Barradão

    Ralf sofre luxação no Corinthians, e cirurgia não está descartada

    ver detalhes
  • Jadson teve atuação aquém na estreia do Corinthians na Copa do Brasil

    Jadson, Clayson, Carille... Empate em Salvador rende notas vermelhas a corinthianos

    ver detalhes
  • Roger vai viajar a Belo Horizonte

    Treinador do Corinthians confirma Roger na viagem a Belo Horizonte, mas faz uma ressalva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes