No site oficial, Corinthians recorda goleada histórica de 8 a 2 na Libertadores

No site oficial, Corinthians recorda goleada histórica de 8 a 2 na Libertadores

Por Meu Timão

Cria da base do Corinthians, Fernando Baiano anotou cinco gols contra o Cerro Porteño

Cria da base do Corinthians, Fernando Baiano anotou cinco gols contra o Cerro Porteño

Foto: Nelson Almeida

Um placar histórico da história recente do Corinthians se tornou pauta no site oficial do clube, nesta quinta-feira. A goleada de 8 a 2 do Timão sobre o paraguaio Cerro Porteño, durante a disputa da Libertadores da América de 1999, foi relembrada pelo portal da equipe alvinegra. A partida em questão foi realizada no dia 10 de março daquele ano, no estádio do Pacaembu.

Naquele ano, o Corinthians contava com um elenco recheado de nomes renomados como amarra, Vampeta, Rincón, Ricardinho e Edílson. Contudo, a estrela da noite foi uma das reveladores da base alvinegra: o atacante Fernando Baiano. Titular na vitoriosa campanha da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1999, foi promovido ao profissional em seguida e entrou como titular contra o Cerro Porteño.

Comandado por Evaristo de Macedo, o Corinthians começou o jogo com: Nei; Índio, Cris, Gamarra e Silvinho; Vampeta, Rincón e Ricardinho; Dinei, Edílson e Fernando Baiano. Os volantes Amaral e Edu Gaspar entraram durante a partida.

Leia também:
Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas
Andrés Sanchez pode perder foro privilegiado se cumprir promessa de campanha no Corinthians
Dentinho publica fotos de 'poker alvinegro' com ex-goleiro do Corinthians e mesa personalizada

Edílson abriu o placar para o Corinthians, logo aos cinco minutos do primeiro tempo. A estrela de Fernando Baiano começou a brilhar em seguida e o atacante marcou três vezes consecutivas em um intervalo de apenas sete minutos. O jogador balançou as redes aos nove, aos 14 e aos 16 minutos da primeira etapa.

Antes do intervalo, Fernando Baiano ainda fez o seu quarto gol no confronto e deu números finais à etapa inicial: 6 a 1. O placar foi selado por Índio, para o Corinthians, e Mauro Caballero, para o Cerro Porteño.

Com a vitória praticamente assegurada, o ritmo do Corinthians diminuiu no segundo tempo. Mesmo sem tanta agressividade, o Timão buscou o gol adversário e chegou ao sétimo tento com Silvinho. Toledo, do Cerro Porteño, diminuiu. A dois minutos do fim, Fernando Baiano marcou o seu quinto e fechou o histórico placar no Pacaembu

Veja mais em: Jogos Históricos e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes