Danilo conta bastidores do lance que quase antecipou aposentadoria: 'Desespero'

3.9 mil visualizações 40 comentários

Por Meu Timão

Fraturas na perna direita de Danilo estão prestes a completar 500 dias

Fraturas na perna direita de Danilo estão prestes a completar 500 dias

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Era fim de tarde do dia 30 de agosto de 2016. Naquela terça-feira, uma ambulância deixou o CT Joaquim Grava às pressas levando um dos maiores ídolos da história do Corinthians para o hospital. Danilo havia sofrido, minutos antes, duas fraturas que por muito pouco não anteciparam sua aposentadoria dos gramados. As lembranças seguem vivas na memória do meia de 38 anos mesmo 495 dias depois do fatídico lance.

Leia também:
Conheça a numeração dos jogadores do Corinthians para a Florida Cup-2018
Corinthians treina pela primeira vez com todos os reforços; Jadson é desfalque

Em entrevista concedida à TV Globo e publicada neste domingo, Danilo revelou alguns detalhes do lance que ocasionou fraturas nos ossos da tíbia e da fíbula da perna direita. Na ocasião, precisou passar por cirurgia e correu risco de ter o membro amputado durante o período de recuperação. Ainda engatou sequência de lesões musculares meses depois.

"Na hora do lance, o Yago gritou e pensei que ele tinha se machucado. Aí fui levantar e apoiar o pé, mas vi que minha perna dobrou, segurei e vi que tinha quebrado. Na hora bate aquele desespero", contou, se referindo à dividida no treino com o zagueiro corinthiano.

A recuperação foi longa, e o retorno aos gramados aconteceu apenas em novembro do ano passado, no jogo do título do Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, na Arena, em Itaquera. No total, ele somou apenas 33 minutos em campo em toda a temporada de 2017. De contrato renovado até dezembro e já relacionado para a viagem aos Estados Unidos, onde o Timão disputará a Florida Cup nos próximos dias, a expectativa para 2018 é totalmente diferente:

"Um ano e meio sem jogar, imagina minha vontade de entrar em campo e ajudar os companheiros. Tudo tem um lado bom, porque joguei o último jogo do ano e fui para as férias com a motivação muito grande de jogar esse ano e ajudar o Corinthians", afirmou.

Danilo entrou no fim do jogo entre Corinthians e Fluminense e recebeu faixa de capitão de Fagner

Danilo entrou no jogo contra o Fluminense e recebeu faixa de capitão

Reprodução/TV

Vale lembrar, no entanto, que o técnico Fábio Carille não planeja usar Danilo como meia armador. O entendimento é que, por conta da idade avançada, o ídolo corinthiano não tem mais a mesma capacidade de reposição para ajudar na marcação. Assim, a tendência é ele ser aproveitado como centroavante (concorrendo com Carlinhos e Kazim).

"Não tem problema. Onde ele (Carille) optar por mim vou estar apto a ajudar", resumiu Danilo.

Veja mais em: Danilo, Yago e Departamento Médico.

Veja Mais:

  • Diego Costa esteve na mira do Corinthians, mas a negociação não caminhou

    Tio de Diego Costa diz que Corinthians recuou em acerto por orientação de empresa patrocinadora

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians se reapresentou nesta quarta-feira

    Corinthians se reapresenta e faz primeiro treino após estreia no Paulistão

    ver detalhes
  • Róger Guedes assumiu a camisa 9 do Corinthians na temporada 2022; relembre os donos do manto nos últimos anos

    De Liedson a Róger Guedes: relembre quais foram os camisas 9 do Corinthians nos últimos dez anos

    ver detalhes
  • O que significa a tal variação tática do Corinthians de Sylvinho? (2022)

    VÍDEO: Uma escalação ideal com o 'quinteto mágico' do Corinthians para 2022

    ver detalhes
  • Gil firmou vínculo com o Corinthians até o final de 2023

    Corinthians estende contrato de zagueiro Gil; veja novo vínculo

    ver detalhes
  • As reações de Paulinho na reestreia pelo Corinthians | Bastidores da Arquibancada

    VÍDEO: As reações de Paulinho na reestreia pelo Corinthians | Bastidores da Arquibancada

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x