Mais forte e próximo de ultrapassar marca pelo Corinthians: Felipe cresce em Portugal

Mais forte e próximo de ultrapassar marca pelo Corinthians: Felipe cresce em Portugal

Por Meu Timão

4.2 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

Felipe jogou no Corinthians entre 2012 e 2016

Felipe jogou no Corinthians entre 2012 e 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dos jogadores negociados pelo Corinthians ao futebol europeu nos últimos anos, Felipe certamente está entre aqueles que melhor aproveitaram a chance de atuar no Velho Continente. Aos 28 anos, o zagueiro do Porto é titular, tem a confiança da torcida do clube e não cresceu apenas tecnicamente. Está mais forte: foram cinco quilos de massa magra adquiridos desde que deixou o Timão, no início de 2016.

No Corinthians sempre tentei ganhar mais massa, mas acabei nunca conseguindo. No Porto, isso acabou acontecendo de forma natural, acho que pela carga de treinos e por estar na melhor forma física da carreira. Não foi propriamente uma exigência do clube, tive isso naturalmente”, afirmou Felipe em entrevista ao portal GloboEsporte.com publicada nessa quarta-feira.

Felipe faz exercício de musculação na academia do CT

Felipe faz exercício de musculação na academia do CT

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Felipe possui longo currículo de conquistas corinthianas. Contratado no fim de 2011, ele integrou o elenco alvinegro bicampeão mundial, em 2012. Na temporada seguinte, adicionou outros dois títulos: o Paulistão e a Recopa Sul-Americana.

Apenas em 2015, porém, é que Felipe driblou as críticas e se firmou na equipe do Parque São Jorge, se tornando um dos principais defensores do futebol brasileiro e, ao término daquele ano, campeão nacional. Há quase duas temporadas em Portugal, o beque acredita que evoluiu como atleta.

“Estou mais maduro pessoal e profissionalmente, pude evoluir tecnicamente, me deparei com situações táticas diferentes e consegui aprender com os treinadores. Vivi um grande momento em 2015 pelo Corinthians, quando venci o Campeonato Brasileiro e, agora, estou vivendo uma boa fase também no Porto. Cheguei, consegui ajudar a equipe, tive boas atuações e estive em campo em praticamente todos os jogos do clube desde que cheguei à Europa”, contou o jogador brasileiro.

Embora não seja a missão número um de um jogador de defesa, Felipe tem se destacado por fazer gols. Ele soma seis bolas na rede com a camisa do time português, sendo três na atual temporada. Restam dois para ele igualar o número de gols anotados pelo Corinthians. E se engana quem pensa que ele não pensa nisso...

“Claro que penso (risos). Se Deus quiser, vou conseguir (fazer mais gols)! Tenho de trabalhar para ser ainda mais eficaz na área adversária. Há sempre espaço para melhorar. Os zagueiros vão muitas vezes à área nas faltas e escanteios, e ainda dá para fazer mais gols. Obviamente que minha função prioritária é marcar os atacantes e evitar os gols, mas vou correr atrás para superar esses números”, completou.

O Porto de Felipe está classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões. A equipe terá pela frente o Liverpool, da Inglaterra, que acaba de negociar o craque brasileiro Philippe Coutinho ao Barcelona. Os duelos estão marcados para 14 de fevereiro (em Portugal) e 6 de março (Inglaterra).

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Guerrero deixou Corinthians com 130 partidas e 54 marcados

    Corinthians quebra 'protocolo' e publica texto em homenagem a Paolo Guerrero

    ver detalhes
  • Corinthians e Millonarios voltam a se enfrentar nesta quinta-feira

    Só um canal de TV transmite jogo entre Corinthians e Millonarios nesta quinta pela Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians de Loss joga nesta quinta; Jadson é o artilheiro do Timão na Libertadores

    Corinthians de Loss enfrenta Millonarios e mira vantagens no mata-mata da Libertadores

    ver detalhes
  • Ronaldo Fenômeno explica, na China, que o Palmeiras não tem mundial

    VÍDEO: Ronaldo Fenômeno explica, na China, que o Palmeiras não tem mundial

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes