Corinthians abriu conversas pela contratação de irmão de Romero; dois fatores inviabilizaram negócio

Corinthians abriu conversas pela contratação de irmão de Romero; dois fatores inviabilizaram negócio

Por Rodrigo Vessoni e Vinícius Souza

56 mil visualizações 216 comentários Comunicar erro

Óscar retornou ao Shanghai Shenhua neste começo de 2018

Óscar retornou ao Shanghai Shenhua neste começo de 2018

Foto: Reprodução/Instagram

No último mês de dezembro, após o Brasileirão, a diretoria do Corinthians buscou informações e se movimentou a fim de contratar o meia paraguaio Óscar Romero, irmão gêmeo do atacante do Timão Ángel Romero. A notícia, revelada pelo próprio Ángel na noite da última quarta-feira, em entrevista à rádio Monumental AM 1080, foi confirmada pelo Meu Timão com pessoas próximas à diretoria do clube.

A ideia inicial do Corinthians era trazer Óscar por empréstimo. O jogador, de 25 anos, pertence ao Shanghai Shenhua, da China, mas passou a temporada de 2017 cedido ao Alavés, da Espanha.

Leia também: Romero quebra o silêncio no Corinthians e fala até em nova selfie em comemoração

O primeiro passo foi conversar com representantes do atleta e assim saber as condições de um possível novo empréstimo de Óscar, desta vez para o Corinthians. Foi quando a alta cúpula alvinegra se deparou com o primeiro empecilho: o alto salário recebido pelo meia-atacante no futebol chinês, em torno de R$ 1,4 milhão por mês – a efeito de comparação, os líderes do elenco corinthiano recebem um terço da quantia acima.

“O Corinthians estava discutindo trazer Óscar Romero, mas por conta do salário elevado não pôde”, revelou Ángel à rádio paraguaia após a derrota do Corinthians para a Ponte Preta, no Pacaembu, pela estreia no Paulistão.

Outra questão que impediu o avanço nas tratativas está relacionada ao planejamento do Shanghai para 2018. Havia a expectativa de que o clube de Xangai buscasse no mercado internacional outro estrangeiro, o que facilitaria a liberação de Romero e, consequentemente, o empréstimo dele ao Timão. No entanto, nenhum extracomunitário foi contratado, o argentino Carlos Tevez, liberado, e Óscar, reintegrado ao grupo de jogadores.

Óscar, de acordo com o site especializado em transferências no futebol Transfermarkt, está avaliado em 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 9,8 milhões na cotação atual).

Vale lembrar que o Corinthians já havia tentado negociar a chegada de Óscar em 2015. Na ocasião, o jogador de fato deixou o Cerro Porteño, mas acabou acertando com o Racing, da Argentina.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Mercado da bola e Romero.

Veja Mais:

  • Sergio Díaz fez primeiro trabalho com bola desde que chegou ao Corinthians

    Clayson de volta, Díaz em campo e Douglas dúvida; veja as novidades do treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Loss trocou algumas vezes o esquema tático durante o jogo contra Grêmio

    Diretoria do Corinthians não aprova vários esquemas táticos de Loss e cobra treinador

    ver detalhes
  • Website da Inoovi, empresa que firmou parceria com o Corinthians

    Corinthians anuncia parceria com empresa de Hong Kong por criptomoeda IVI

    ver detalhes
  • Caixa pode voltar ao espaço nobre da camisa do Corinthians

    Corinthians alinha últimos detalhes para anunciar novo acordo por patrocínio máster

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes