Desgastado, Júnior Dutra se coloca à disposição para Majestoso: 'Pode mudar minha história'

Desgastado, Júnior Dutra se coloca à disposição para Majestoso: 'Pode mudar minha história'

17 mil visualizações 142 comentários Comunicar erro

Contra Ferroviária, Dutra foi titular com a camisa do Corinthians pela primeira vez

Contra Ferroviária, Dutra foi titular com a camisa do Corinthians pela primeira vez

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Júnior Dutra quer estar em campo pelo Corinthians neste sábado, no clássico contra o São Paulo. Titular na vitória sobre a Ferroviária por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Pacaembu, o atacante valorizou o resultado construído pela equipe e se colocou à disposição do técnico Fábio Carille para o Majestoso. Segundo ele, se trata de uma partida com potencial para “mudar sua história”.

“Hoje (quarta-feira) foi muito desgastante. Saio muito cansado e muito feliz. Mas o Corinthians tem toda uma estrutura de altíssimo nível. Vou usar tudo o que eu puder para estar 100% para o clássico”, afirmou Júnior Dutra, que atuou todos os 90 minutos do duelo.

Cada jogo com essa camisa aqui pode mudar minha história. Eu sei da importância que é, mas o Corinthians precisa vencer. Eu quero ser campeão aqui, então, o time vencendo, seja lá quem fizer o gol, se eu estiver ali dando a minha vida, também saio feliz”, declarou.

Titular na vaga de Colin Kazim, Dutra voltou a apresentar bom futebol e ser participativo, saindo da área para buscar o jogo e dar opção a meio-campistas e alas – recebeu a média 6,8 dos leitores aqui do Meu Timão. Consciente, o atacante rendeu elogios ao time por não ter buscado a virada a qualquer custo.

“Para mim, foi muito bom. Saímos com os três pontos. Foi difícil pela situação, o gol que eles acharam no primeiro tempo (com Léo Castro, de cabeça). Mas no segundo tempo tivemos muita paciência, muito organização e conseguimos os dois gols”, explicou.

Leia também:
Destaque, Clayson tem 40% dos direitos ligados ao Corinthians; outros 60% são de rival no Paulistão
Balbuena vibra com primeiro gol em 2018, elogia 'meninos' e volta a falar sobre renovação

Aos 29 anos, Dutra acumula passagens por diversos clubes do Brasil e do exterior, entre eles o rival Santos, pelo qual jogou nos tempos de categoria de base. Questionado sobre a importância do Majestoso à frente, o já veterano recordou até confrontos antigos frente ao São Paulo.

“Eu joguei pelo Santos na base. Joguei pelo Santo André, e a gente incomodou muito. Ganhamos do São Paulo no Morumbi, empatamos com o Corinthians, era um time muito organizado... Todo mundo sabe da minha experiência. Já estive do outro lado e sei como a gente espera esses jogos, como nos organizamos, treinamos. A Ferroviária fez um grande jogo, mas temos de ressaltar a organização do Corinthians hoje mesmo com muitas mudanças. O time teve paciência, soube jogar e foi premiado no fim da partida com dois gols”, completou.

Apesar do desejo de Dutra, Carille não sabe se poderá contar com o atleta no clássico. Em entrevista coletiva no Pacaembu, o treinador afirmou que Júnior será avaliado nos próximos dias, pois foi bastante exigido diante da Ferroviária. Assim, Kazim pode voltar a ganhar chance.

Veja mais em: Júnior Dutra, Majestoso, Campeonato Paulista, Fábio Carille e Kazim.

Veja Mais:

  • Corinthians e São José voltam a se enfrentar pelas finais da Liga Ouro nesta segunda

    Corinthians joga nesta segunda no Parque São Jorge para se reabilitar nas finais da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Thiaguinho é um dos mais cotados a substituir Maycon no Corinthians

    Emprestados, contratação e opções no elenco: a 'volância' do Corinthians pós-Maycon

    ver detalhes
  • Ralf marcou o gol do Corinthians no empate de 1 a 1 contra o Deportivo Táchira

    Corinthians e Libertadores-2012 animam internautas após tropeço do Brasil na estreia da Copa

    ver detalhes
  • Maycon assinou com o clube ucraniano e já posou para fotos com a nova camisa que defenderá

    Maycon deixa Corinthians e assina contrato de cinco anos com Shakhtar Donetsk

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes