Giovanni Augusto desperta interesse de clube da Série A; salário é obstáculo

Giovanni Augusto desperta interesse de clube da Série A; salário é obstáculo

Por Meu Timão

47 mil visualizações 252 comentários Comunicar erro

Giovanni Augusto pode deixar Corinthians em breve

Giovanni Augusto pode deixar Corinthians em breve

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Com elenco considerado numeroso para a temporada, o Corinthians ainda tenta se desfazer de alguns nomes que estão fora dos planos de Fábio Carille. Ausente na lista de inscritos do Paulistão, Giovanni Augusto é um dos atletas que ainda busca uma equipe para ter oportunidades no ano. Nesta semana, o Vitória até se interessou pelo meia, mas, a princípio, parou nas questões salariais.

"Giovanni Augusto interessa a qualquer clube do país. Problema é a questão salarial. Mesmo que ofereça pagar 50%, é acima do que a gente pode pagar. Mas é um jogador interessante", admitiu Erasmo Damiani, diretor de futebol do clube nordestino, em coletiva concedida nesta sexta-feira.

"Sabemos da necessidade, temos jogadores mapeados, mas esbarramos na concorrência do mercado. Esticamos a corda até um ponto, e perde por questões de orçamento. Às vezes perde jogador por essa questão. Estamos analisando, assim que tivermos uma coisa mais adiantada vamos trazer", completou, relatando o foco na chegada de um meio campista.

Leia também:
Sem jogos do Corinthians, número de visitantes no Tour da Arena cresce e vira atração
Com histórico empatado no Pacaembu, Corinthians e São Paulo fazem 'tira-teima' neste sábado
Andrés diz que nomeará Rosenberg e Duílio à diretoria do Corinthians se eleito

O Vitória, no entanto, não foi o único a se assustar com os valores pagos a Giovanni no Corinthians. No início da semana, a Chapecoense fez uma sondagem pela possível contratação do meia. O salário fez os catarinenses recuarem, mas o interesse de contar com o camisa 17 se mantém vivo.

É válido destacar que o Corinthians tem encontrado dificuldade em emprestar seus jogadores encostados. O primeiro dos fatores é o baixo número de interessados, o segundo justamente os vencimentos dos atletas. A grande maioria dos clubes pede que o clube arque com 100% do salário, mesmo no período de empréstimo.

Veja mais em: Giovanni Augusto e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Gustavinho é arma do Corinthians para surpreender São José e abrir margem pelo título

    Corinthians visita o São José pelo jogo três das finais da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Léo Príncipe esteve perto de acertar com Vitória de Setúbal, de Portugal

    Portugueses desistem de empréstimo e adiam saída de Léo Príncipe do Corinthians

    ver detalhes
  • Marcello Deverlan (à esq.) durante treino com profissionais no CT Joaquim Grava

    De contrato renovado, zagueiro da base do Corinthians obtém cidadania portuguesa

    ver detalhes
  • Danilo Avelar realizou exames na tarde desta terça-feira em São Paulo

    Danilo Avelar é aprovado em exames e já fala como reforço do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes