Maioria vence e árbitro de vídeo é vetado do Brasileiro 2018; venda de mando de campo é autorizada

8.6 mil visualizações 113 comentários

Por Meu Timão

Reunião entre os 20 clubes da Série A aconteceu nesta segunda-feira

Reunião entre os 20 clubes da Série A aconteceu nesta segunda-feira

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Esta segunda-feira marcou a reunião do conselho arbitral, realizada no Rio de Janeiro, que teve como intuito definir questões voltadas às futuras competições da temporada. E a não implementação do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro foi a decisão mais expressiva do encontro. A Copa do Brasil, no entanto, deve realizar testes com o sistema a partir das oitavas de final.

O Corinthians, por meio do recém-eleito presidente Andrés Sanchez, se posicionou contra o uso da tecnologia - assim como fizeram outros 11 integrantes da elite do futebol brasileiro. O arquirrival São Paulo, vale dizer, optou por não votar.

Outra definição importante diz respeito à venda de mando de campo entre as equipes. Apesar de não ser uma situação em que o Timão costume se envolver, ficou acordado que a negociação pode acontecer no torneio nacional em até cinco jogos. A ressalva é que a venda não aconteça nas últimas rodadas do campeonato.

Leia também: Corinthians reeditará jogo do hepta brasileiro na estreia do Brasileirão-2018

Pegou fogo - É válido lembrar que a discussão acerca do uso de árbitro de vídeo ganhou ainda mais força após a polêmica envolvendo Jô. Em vitória diante do Vasco, em setembro de 2017, o ex-centroavante alvinegro balançou as redes ao usar o braço para ajeitar a bola.

O erro de arbitragem a favor do Corinthians fez com que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fizesse um anuncio repentino. No comunicado, a entidade máxima do futebol brasileiro afirmou que passaria a lançar mão da tecnologia na rodada seguinte ao confronto, que correspondeu à 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso, contudo, não ocorreu.

Confira a posição de cada clube acerca do uso do árbitro de vídeo no Brasileirão de 2018

Votos a favor: Bahia; Botafogo; Chapecoense; Flamengo; Grêmio; Internacional; Palmeiras.

Votos contra: Corinthians; Santos; Cruzeiro; Vasco; Atlético-MG; Atlético-PR; Fluminense; Sport; Vitória; América; Ceará; Paraná.

Se absteve: São Paulo.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Cantillo vinha treinando normalmente desde a volta dos trabalhos no CT

    Cantillo testa positivo para coronavírus e desfalca o Corinthians em retorno do Paulistão

    ver detalhes
  • Elenco já treinou na Arena com Tiago Nunes

    Corinthians marca treinamento na Arena nesta quarta-feira; comissão discute planejamento

    ver detalhes
  • Pelo Corinthians, após quase cinco anos de vínculo, Clodoaldo atuou apenas em 20 jogos e marcou cinco gols. Foi dele o gol do empate no último - e derradeiro -, confronto da equipe no fatídico Brasileirão 2007

    Corinthians é condenado a pagar quase R$ 1 milhão para Clodoaldo; ação durou oito anos

    ver detalhes
  • Natel deve ser oficializado em breve como reforço do Corinthians para segundo semestre

    Anúncio de Léo Natel no Corinthians atrasou por teste positivo de coronavírus; atleta já treina

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez teve mais uma notícia ruim na noite desta segunda-feira

    Conselho de Orientação do Corinthians também sugere reprovação de contas de 2019

    ver detalhes
  • Atacante Jô pode reestrear pelo Corinthians na retomada do Campeonato Paulista

    CBF define janelas internacionais, e Jô pode reestrear pelo Corinthians contra o Palmeiras

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: