Romero isenta centroavantes de culpa e cobra evolução coletiva no Corinthians

Romero isenta centroavantes de culpa e cobra evolução coletiva no Corinthians

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni

2.4 mil visualizações 67 comentários Comunicar erro

Romero não ficou satisfeito com rendimento do Corinthians nesta quarta-feira

Romero não ficou satisfeito com rendimento do Corinthians nesta quarta-feira

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Entre os titulares do Corinthians nesta quarta-feira, durante a derrota por 1 a 0 para o São Bento, Romero admitiu a má fase coletiva da equipe. Ao fim da partida, o paraguaio explicou as diferenças do novo esquema alvinegro e garantiu que, com trabalho, as coisas vão melhorar.

"A gente vai trabalhar isso (jogar contra uma equipe fechada). No ano passado estávamos em um esquema mais fechado, sem dar espaço. Esse ano estamos tomando muito contra-ataque, mas vamos melhorar isso", disse, já na zona mista da Arena Corinthians.

"O time do São Bento jogou muito bem, conseguiu fazer um bom primeiro tempo e fechou no segundo. Erramos muitos passes e temos que melhorar nisso. Tentar errar menos e finalizar mais", completou.

Leia também:
Cássio vê Corinthians precisando se 'reerguer' e ressalta erros de passe contra São Bento
Derrota em casa não ameaça ponta do Corinthians; briga pela vice-liderança se acirra
Jadson pede correção de 'bate e volta' do Corinthians e critica falta de concentração

Parte do sistema ofensivo corinthiano, Romero, assim como seus companheiros, tem tentado se adaptar a um novo camisa 9. Depois de atuar com Jô, o atacante agora tenta se entrosar com Kazim e Dutra, opções de Carille até aqui na temporada. Perguntado sobre o tema, o paraguaio fez questão de tirar qualquer culpa dos companheiros, deixando claro que a melhora tem de ser geral.

"Claro que o Jô viveu um 2017 muito bom, todo mundo conhece o estilo dele, segura muito a bola para a gente chegar e trocar passe. Esse ano estamos tentando fazer isso, começou o Kazim e agora está o Dutra. Mas temos que melhorar todos os aspectos, a culpa não é do centroavante. Também temos que deixar ele na cara do gol. Somos um grupo, uma família e todo mundo tem que melhorar", concluiu.

Veja mais em: Romero, Kazim, Júnior Dutra e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Emprestado pelo Corinthians, Gustagol é o artilheiro do futebol brasileiro em 2018

    Gustavo tem mais gols em jogos oficiais que todos os atacantes do Corinthians somados

    ver detalhes
  • Tite durante a histórica goleada sofrida pelo Corinthians para a Portuguesa em 2013

    Corinthians se aproxima de sequência negativa que quase fez Tite se demitir

    ver detalhes
  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante já marcou dez gols na atual edição da Serie B e deve chegar ao Timão

    Torcida do Corinthians repercute possível acerto com André Luis para 2019; veja tuítes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes