Andrés Sanchez lamenta postura dos agentes de Zeca: 'Eles não assumiram o que estava combinado'

Andrés Sanchez lamenta postura dos agentes de Zeca: 'Eles não assumiram o que estava combinado'

35 mil visualizações 282 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez lamentou postura de agentes de Zeca em conversa com Meu Timão

Andrés Sanchez lamentou postura de agentes de Zeca em conversa com Meu Timão

Larissa Lima/Meu Timão

Andrés Sanchez está na bronca com os responsáveis pela carreira do lateral-esquerdo Zeca. O presidente do Corinthians culpou os empresários Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb, da empresa OTB Sports, pelo desfecho negativo na tentativa de contratar o jogador, que está em litígio com o Santos.

A declaração foi dada ao Meu Timão na manhã deste sábado, após a participação de Sanchez em um evento cultural do clube na zona norte de São Paulo. Foi a primeira vez que o mandatário falou sobre o assunto desde a nota oficial que confirmou a desistência do negócio.

'Desde o início combinamos que eles (empresários) precisariam dar garantias na pessoa física e jurídica ou não aceitaríamos. Eles não fizeram isso... Caímos fora', afirmou o presidente corinthiano, que ainda completou:

'Os caras não assumiram. Nós negociamos com o Santos até o limite, os caras não assinaram dando as garantias. A gente só faria se eles assumissem o risco 100% deles ou não faríamos. Mas, como vazou antes, deu esse tumulto todo aí', lembrou.

Andrés Sanchez, que foi bastante cobrado por conselheiros do clube pela brincadeira pré-contratação, não deve ir atrás de outro lateral-esquerdo, já que o elenco tem três opções neste momento: Maycon, Sidcley e Juninho Capixaba.

A reportagem do Meu Timão tentou ouvir Bruno Paiva, mas o mesmo não atendeu as chamadas telefônicas.

BRONCA DE GALIOTTE

Andrés Sanchez também desmentiu qualquer rusga com o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte. Segundo o mandatário do Timão, não houve qualquer tipo de desentendimento entre eles durante o arbitral na sede da Federação Paulista de Futebol que se decidiu pela mudança de mando do Bragantino para o Pacaembu.

'Foi mentira, eu não discuti com o Galiotte. A reclamação é livre, o regulamento permite. Eu também sou contra, mas que se troque então o regulamento antes do campeonato. Cada um manda onde quiser', avisou.

Veja mais em: Mercado da bola e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Corinthians encara São Paulo pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians e São Paulo fazem clássico valendo vaga nas semifinais da Copa RS

    ver detalhes
  • Sornoza pode se tornar o quinto reforço do Corinthians para 2019; Fluminense quer atletas

    Sornoza aceita oferta do Corinthians, mas contrapartida com dupla de emprestados emperra

    ver detalhes
  • Trio ganhou espaço no segundo semestre e reencontra treinador em outro patamar

    Jogadores ganham espaço no segundo semestre e reencontram Carille em outro patamar no Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson anotou três gols na vitória do Corinthians por 7 a 2 sobre o Deportivo Lara

    Um dos artilheiros, corinthiano Jadson entra em seleção da Libertadores-2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes