Corinthians apela para maior torcida do Brasileirão para reagir

Corinthians apela para maior torcida do Brasileirão para reagir

Por Meu Timão

Corinthians tem a melhor média de público e renda do Brasileirão

Corinthians tem a melhor média de público e renda do Brasileirão

Adilson Batista avisou que o poder de escalar o time foi praticamente repassado ao departamento médico. Seis titulares estão vetados. Outros são dúvidas. O treinador se diz obrigado a improvisar em meio a tantas ausências e pede para que a torcida alvinegra, a maior neste Brasileiro, preencha os espaços deixados por Ronaldo, Elias, Roberto Carlos, entre outros, nesta reta final do torneio.

Os torcedores corintianos têm correspondido mesmo diante da série negativa do clube, que não vence há quatro rodadas. O time paulista é disparado o detentor da melhor renda e público do Brasileirão, com média de 26.638 mil torcedores por jogo, e R$ 858 mil por jogo.

O líder Fluminense é o segundo em público e renda: 21 mil pagantes, em média, e R$ 443 mil por jogo.

Para a partida contra o Atlético-GO, domingo, às 16h, no Pacaembu, foram vendidos antecipadamente 13.500 ingressos.

“Quero avisar ao torcedor corintiano para que fique confiante e que apóie o time, porque vejo dedicação e empenho dos jogadores. O torcedor também tem acreditado. Isso é importante. Mas vamos superar as dificuldades e buscar o título”, prega Adilson.

A lista de desfalques para o jogo deste domingo é extensa. O Corinthians não terá Roberto Carlos, Ralf, Elias, Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo. Jucilei e Alessandro têm jogado no sacrifício, mas devem atuar. Danilo cumpre suspensão automática.

Paralelamente à perda de vários jogadores, o time do Parque São Jorge pela primeira vez não figura entre as duas melhores equipes da competição. O Cruzeiro ultrapassou os corintianos na tabela.

A atual situação do clube preocupa, mas não é desesperadora, repete Adilson.

“Tem que haver discernimento para analisar as coisas com calma. A gente poderia estar quatro jogos sem perder. Perdemos no último lance contra o Inter e erramos contra o Atlético-MG. Só no meu comando nós deixamos escapar 9 pontos. O porquê disso nós conversamos lá dentro. Mas podem ficar tranquilos que vamos melhorar”.

Com 49 pontos em 27 jogos, o Corinthians está três pontos atrás do Flu (28 jogos). O Cruzeiro tem 51 pontos (em 28 jogos).

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes