Ingleses elogiam Corinthians: time mais europeu da América do Sul

Ingleses elogiam Corinthians: time mais europeu da América do Sul

Ingleses fizeram diversos elogios ao Corinthians

Ingleses fizeram diversos elogios ao Corinthians

Foto: Renato Pizzutto

O Corinthians que o Chelsea enfrentará neste domingo, na final do Mundial de Clubes da Fifa, não é um time “típico brasileiro”. Essa é a avaliação do jornal inglês Daily Mirror, que em nota publicada em seu site nesta sexta-feira disseca o elenco alvinegro, classificando-o como “talvez a equipe mais ‘europeia’ da América do Sul”.

O texto, assinado pelo “especialista em futebol brasileiro” Euan Marshall, leva o título “o que o Chelsea pode esperar do Corinthians?”. Além de destacar a história do clube brasileiro e os “ídolos” Sócrates, Rivellino e Ronaldo, o diário aponta que a equipe joga “em uma sólida formação 4-2-3-1”, com “os valores disciplina e físico sobre a habilidade individual”.

“O coletivo vem acima de tudo, e cada jogador desempenha sua parte”, prossegue o veículo, apontando que, segundo o técnico Tite, “todo mundo ataca, mas todo mundo marca” no time. “O Corinthians é de forma equivocada frequentemente (considerado) muito defensivo, quando na verdade ele faz pressão mais à frente no campo do que a maioria das equipes sul-americanas. A explicação para esse conceito errado é que o Corinthians sempre permanece compacto”.

Assim, o periódico aponta que é “raro” ver “mais do que 37 m entre o zagueiro mais atrás (da equipe) e o centroavante”. Outro “ponto interessante do estilo” corintiano, segundo o especialista, “é a falta de um lateral típico brasileiro”, com Alessandro e Fabio Santos sendo “jogadores mais criativos e racionais” que normalmente iniciam jogadas com passes em vez de atacarem.

Entre os “jogadores a serem observados” do Corinthians, o diário destaca o volante Paulinho, comparando-o ao meia inglês Frank Lampard, do Chelsea. O brasileiro “ajuda a proteger a defesa e explode à frente quando necessário, causando todos os tipos de problema para o adversário”.

O atleta ainda é definido como “uma magnífica ameaça aérea” e “maravilhoso no desarme”, sendo que em 85 partidas com o uniforme alvinegro jamais foi expulso. “Quando Paulinho joga bem, o Corinthians joga bem”, resume a publicação, citando que “clubes da Itália” já mostraram interesse no volante e avaliando que seria “sábio” se o dono do Chelsea, Roman Abramovich, “mantivesse um olho” no jogador, estudando uma eventual contratação.

O veículo ainda dá espaço ao atacante Emerson, chamado de “malandro”, que “regularmente corta para dentro a partir da esquerda para marcar gols valiosos”. O diário ressalta a fama de provocador do atleta, apontando que ele “certamente preparou algumas frases em inglês para a defesa do Chelsea”.

O último jogador que recebe destaque é o centroavante Paolo Guerrero, que segundo o diário “conseguiu se encaixar perfeitamente no esquema” corintiano desde junho, quando foi contratado do Hamburgo. “Criminalmente subestimado”, o peruano “é forte e tecnicamente talentoso, um número 9 ideal para uma formação como a do Corinthians”, nas palavras do diário, que projeta que o clube inglês “terá de prestar muita atenção” em Guerrero na final deste domingo. O duelo que decide o campeão mundial começa às 8h30 (de Brasília) no Estádio Internacional de Yokohama.

Fonte: terra

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Terceiras camisas de Corinthians e Boca Juniors chamam atenção pela semelhança entre si

    Corinthians 'inspira' Boca Juniors, e time argentino lança camisa quase igual

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes