Presidente do Corinthians promete entre sete e oito reforços até metade de 2018

Presidente do Corinthians promete entre sete e oito reforços até metade de 2018

Por Meu Timão

74 mil visualizações 423 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez prometeu novos reforços para o Corinthians em 2018

Andrés Sanchez prometeu novos reforços para o Corinthians em 2018

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mesmo com a conquista do Campeonato Paulista, o Corinthians deve ganhar novos reforços nesta temporada. O presidente do clube, Andrés Sanchez, garantiu que o técnico Fábio Carille irá contar com outros nomes em seu elenco até a metade de 2018. Contudo, a expectativa é que o Timão não "faça loucuras" e assim gaste pouco com os investimentos.

"O Carille quer todo mundo. Se pudesse trazer mais dez jogadores, o treinador ia querer. Eu vou trazer sete ou oito jogadores até o meio do ano, jogadores que despontarem em times do interior e em campeonatos de outros estados, para fazer um time vencedor", disse Sanchez em entrevista ao Expediente Futebol, da Fox Sports.

"Mesmo com toda a estrutura que o Corinthians tem, não dá para contratar sete ou oito jogadores por 20, 30 milhões cada um. Além de gastar muito, não tem a garantia de que vai jogar bem", acrescentou.

Leia também:
Corinthians acerta empréstimo do volante Jean para o Botafogo
Dois, três, quatro, sete... até oito! Jogadores do atual elenco empilham taças no Corinthians

A dica sobre ao menos oito reforços para o Timão já havia sido dada pelo presidente do clube no último mês, quando deixou a ideia para o técnico Fábio Carille. Este, então, afirmou que o time poderia investir em jogadores promissores dentro do mercado nacional.

A atitude seria um espelho da vinda do centroavante Matheus Matias, de 19 anos, recém-contratado do ABC-RN. O jovem ainda aguarda a chance de estrear com a camisa alvinegra.

Sobre a posição de centroavante no Timão, a mais carente da equipe nesta temporada, Andrés Sanchez foi questionado sobre um possível interesse em Guerrero. O peruano já atuou pelo Corinthians, e hoje defende as cores do Flamengo.

A chance de uma repatriação do atacante foi prontamente negada pelo presidente do Corinthians. "Manda ele (Guerrero) rescindir o contrato dele com o Flamengo de novo. Ele tem que rescindir o contrato dele com o Flamengo, olha o que ele vale no mercado (...) O que ele estava pedindo, o Corinthians não paga", avisou. "O Palmeiras tem dinheiro pra caramba, pô", ironizou Sanchez.

Mesmo com o tom duro, o presidente garantiu que não há mágoas com Guerrero. "Nenhuma, o jogador tem o direito de procurar o melhor lado financeiro pra ele. Não fico com raiva não, só estou falando a verdade. Ele quer R$ 16, R$ 20 milhões. Tem time que paga isso para ele, e ele quer que o Flamengo pague. (O Jô) Está ganhando muito lá (no Nagoya Grampus), os japoneses ficaram loucos e estão pagando uma fortuna", afirmou Sanchez.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Diretoria do Corinthians, Fábio Carille e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • 'Quase herói' contra Cruzeiro, Pedrinho pode ganhar chance como titular diante do Vitória

    Corinthians se reapresenta com reservas e pode ter três mudanças para jogo contra Vitória

    ver detalhes
  • Will Dantas (à dir.) ao lado de Pedrinho, jogador do Corinthians

    Agente volta atrás e nega divergência com Corinthians sobre Pedrinho

    ver detalhes
  • Corinthians terá nove 'finais' no Brasileiro para terminar temporada de forma digna

    Análise: Corinthians demonstra limitações e é vice na Copa do Brasil; equipe liga sinal de alerta

    ver detalhes
  • Corinthians vem de derrota para o Santos no Brasileirão

    Em seu pior turno na história, Corinthians mira nove finais para evitar tragédia no Brasileiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes