Nem Real Madrid e Barça empolgam, e Pedrinho explica recusa de proposta chinesa

Nem Real Madrid e Barça empolgam, e Pedrinho explica recusa de proposta chinesa

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

46 mil visualizações 144 comentários Comunicar erro

Pedrinho conversou com a imprensa nesta quarta-feira no CT do Corinthians

Pedrinho conversou com a imprensa nesta quarta-feira no CT do Corinthians

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

O meia-atacante Pedrinho, definitivamente, não pensa em deixar o Corinthians tão cedo. Nesta quarta-feira, em entrevista concedida no CT Joaquim Grava, o jovem de 19 anos (completa 20 na sexta) confirmou a recusa de uma proposta do futebol chinês no início da temporada. Conforme antecipado pelo Meu Timão semana passada, a oferta ao jogador era de 30 milhões de dólares (cerca de R$ 100 milhões) diluídos em três anos de contrato.

"Na verdade o meu empresário veio falar comigo, mas eu nem quis saber qual era o time, quanto era, tudo isso. Falei que queria ficar (no Corinthians) porque era meu objetivo e o dinheiro não era mais importante que eu estar bem. Estou muito feliz aqui, ainda mais agora com o título. A felicidade vale mais que qualquer dinheiro", declarou o sorridente e promissor jogador alvinegro.

"Ele (empresário) só falou que era um clube chinês. Quando ele ligou para falar eu nem quis que falasse. Ele ai falar, eu não ia entender, então foi melhor nem falar mesmo", completou, entre risos, numa referência aos não tão simples nomes dos clubes de futebol da China.

Leia também:
Pedido pela torcida do Corinthians, Arthur revela desejo de jogar no futebol paulista
Lucca interessa ao Internacional e pode deixar Corinthians
Presidente do Corinthians promete entre sete e oito reforços até metade de 2018

Okay. Pedrinho recusou a tal oferta da China e segue seu plano de carreira de pelo menos mais dois ou três anos com a camisa do Corinthians. Mas e se aparecer um Real Madrid ou Barcelona da vida com uma oferta? Ao ser questionado sobre a possibilidade, ele não pareceu tão empolgado com a ideia de se transferir no atual momento.

"Como eu sempre falei, eu tenho sonho de jogar na Europa, mas sei que vai ter o momento. Não é por acaso. Quero fazer uma história aqui, deixar meu nome marcado e poder virar um ídolo do Corinthians. Então eu penso em fazer meu trabalho para fazer minha história aqui", argumentou.

"Eu admiro o bom futebol. Real, Barça, são dois grandes times, então, acho que tem a que admirar", finalizou.

Pedrinho, vale lembrar, foi promovido ao elenco profissional do Corinthians após o título e o prêmio de craque da Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano passado. De lá pra cá, soma duas conquistas de Paulistão e uma de Brasileirão. Ele disputou 29 jogos (quatro como titular) e fez dois gols pela equipe profissional, com a qual tem contrato até dezembro de 2020 e 70% dos direitos econômicos vinculados.

Veja mais em: Pedrinho e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes