Por que quatro mil torcedores foram à Arena ver a equipe feminina do Corinthians?

Por que quatro mil torcedores foram à Arena ver a equipe feminina do Corinthians?

4.0 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians recebeu jogo entre Timão e São Francisco nessa quarta

Arena Corinthians recebeu jogo entre Timão e São Francisco nessa quarta

Foto: Alan Morici/Ag. Corinthians

Aqui não importa se você é daqueles que acham muito legal ou daqueles que não acham suficiente a presença de quase quatro mil torcedores na Arena na primeira exibição da história da equipe feminina do Corinthians no estádio de Itaquera. A questão é: por que a Fiel se deslocou até as arquibancadas no fim de tarde e início de noite da última quarta-feira?

Antes de a bola rolar para aquela que seria a vitória do Corinthians por 4 a 1 sobre o São Francisco pelo primeiro jogo da atual edição do Campeonato Brasileiro Feminino, a reportagem do Meu Timão questionou alguns torcedores no entorno da Arena sobre o porquê de terem ido ao estádio.

Há quem diga que apoia o Timão em qualquer modalidade. Há também aqueles que fazem questão de reforçar o coro contra o machismo na luta pela igualdade de gênero no futebol. Há ainda quem admita que, entre outros fatores, estava interessado em assistir nos telões da Arena ao jogo da equipe masculina contra o Vitória pela Copa do Brasil - a partida foi transmitida no estádio como forma de incentivar a Fiel a marcar presença.

Confira abaixo, em texto e em vídeo, as repostas dos torcedores:

Rebeca, 24 anos
Vim assistir ao jogo do futebol feminino do Corinthians aqui na Arena porque tenho muitas amigas que jogam e dou muito apoio a todo esse pessoal, que precisa do nosso apoio, do meu, do seu, de todo mundo que gosta de futebol. Não só masculino, mas também feminino. Sem nosso apoio elas não vão crescer, o time não vai se desenvolver. A Fiel é isso: apoiar o masculino e o feminino.

Lucas, 17 anos
Não importa a modalidade, estou sempre aqui: Paulista, Libertadores, Brasileiro... É indiferente, pra mim, ir a um jogo do Paulista, do Feminino, um treino ou qualquer coisa. Pra mim é igual.

Vivian, 22 anos
Eu sou uma das que querem que o futebol feminino cresça. Já fui jogadora e sei como é difícil questão de apoio, patrocínio, etc. É bacana o Corinthians dar oportunidade para as nossas meninas de jogarem na nossa casa. Mostra que o futebol feminino está crescendo aos poucos. Espero que tenha mais visibilidade e oportunidades para as meninas, igual o masculino, que ganha salário melhor, tem estrutura melhor, etc. E também (estou aqui hoje) pelo jogo da Copa do Brasil. Meu Corinthians é tudo.

Gabriela, 18 anos
Vim prestigiar o jogo das meninas. No Facebook eu estava la batendo palma, chamando o pessoal (do Corinthians) para jogar aqui no estádio. Não jogava aqui antes, né? Eu e minha amigas estávamos botando pilha para vir pra cá. Ficamos felizes pra caralho que veio. E agora a gente veio torcer. É o nosso Timão. Temos de estar sempre torcendo. Garra, meninas!

Igor, 18 anos
Eu acho da hora torcer não só pelo masculino mas pelo feminino também, dar um incentivo, mostrar para as meninas que (onde) elas jogarem estaremos aqui. Mulher também pode jogar. Viemos aqui dar uma força pra elas, mostrar o futebol delas.

Veja mais em: Arena Corinthians, Torcida do Corinthians e Futebol feminino.

Veja Mais:

  • Timão e Grêmio podem se enfrentar na Arena Corinthians, em Itaquera

    Amistoso em Cuiabá é cancelado, e Corinthians cogita receber Grêmio na Arena

    ver detalhes
  • Jonathas está na mira do Corinthians, que já vê concorrente pelo centroavante brasileiro

    Corinthians vê clube turco demonstrar interesse por Jonathas

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians em 2015 e 2016

    Fagner ou Danilo? Corinthiano leva vantagem nas estatísticas defensivas e ofensivas na Copa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes