Primeira mulher a marcar um gol pelo Corinthians na Arena: 'Não tenho dimensão'

Primeira mulher a marcar um gol pelo Corinthians na Arena: 'Não tenho dimensão'

4.6 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

Grazi anotou o primeiro gol de uma mulher pelo Corinthians na história da Arena

Grazi anotou o primeiro gol de uma mulher pelo Corinthians na história da Arena

Foto: Alan Morici/Ag. Corinthians

A noite da última quarta-feira marcou não apenas a primeira partida da equipe feminina do Corinthians na Arena como também o registro do primeiro gol de uma mulher pelo Timão em Itaquera. O nome da fera? Grazielle Pinheiro Nascimento, ou simplesmente Grazi.

Foi Grazi quem abriu o placar para a goleada corinthiana de 4 a 1 sobre o São Francisco, em jogo válido pela primeira rodada da edição de 2018 do Campeonato Brasileiro. Ainda sem entender muito bem a dimensão do feito, a experiente meio-campista de 37 anos de idade se mostrou alegre e ao mesmo tempo bastante comprometida com a busca pelo título inédito.

"Dimensão do que aconteceu eu não tenho. Estou feliz por ter feito o primeiro gol na Arena. Mas, no contexto geral, o que vale é nossa vitória, os três pontos que dão início à caminhada no Campeonato Brasileiro, que é um título que estamos buscando já há alguns anos", comentou, na saída da Arena, em conversa com a reportagem do Meu Timão.

Leia também:
Por que quatro mil torcedores foram à Arena ver a equipe feminina do Corinthians?
Hidromassagem e torcida do caral**: adversária do Corinthians se impressiona na Arena

Cabe aqui lembrar que o gol de Grazi, sucedido ainda pelos tentos de Adriana, Milene, Jaja (pelo São Francisco) e Cacau, foi o primeiro de uma corinthiana na Arena mas não o primeiro de uma mulher na história da Arena. O estádio de Itaquera, afinal de contas, sediou partidas do torneio feminino de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016. Foi a canadense Becky a autora do primeiro gol feminino da Arena, na vitória de sua seleção por 2 a 0 sobre a Austrália.

E a Fiel, Grazi?

Questionada sobre a primeira exibição da equipe feminina do Corinthians na Arena, Grazi mostrou-se mais à vontade para dissertar sobre. A meio-campista agradeceu o clube pela iniciativa de abrir as portas do estádio e principalmente aos quase 4 mil torcedores que marcaram presença nas arquibancadas.

"Tudo me agradou. Sabíamos da mobilização que teria em relação a essa partida aqui na Arena. Estávamos acompanhando a mobilização nas redes sociais. Feliz pelo apoio da torcida, que apoia o masculino do primeiro ao último minuto. Dessa vez foi a gente ali escutando todo mundo gritando. Isso já tinha acontecido ano passado na Arena Barueri na final do Campeonato Brasileiro. E feliz pela abertura que o Corinthians nos deu de vir aqui à Arena", comentou.

Veja um vídeo da festa da Fiel no jogo das meninas corinthianas

Veja mais em: Futebol feminino, Arena Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes