Pedrinho celebra chance como titular no Corinthians e analisa atuação: 'Ousado e alegre'

Pedrinho celebra chance como titular no Corinthians e analisa atuação: 'Ousado e alegre'

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

2.4 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Pedrinho foi titular no Corinthians no empate de 1 a 1 sobre o Ceará, deste domingo

Pedrinho foi titular no Corinthians no empate de 1 a 1 sobre o Ceará, deste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Xodó da torcida do Corinthians, Pedrinho ganhou uma chance entre os titulares do técnico Fábio Carille neste domingo. O meia de 20 anos atuou no empate de 1 a 1 contra o Ceará, na Arena em Itaquera, e deixou o campo satisfeito com sua atuação. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

"Foi um dia com a expectativa grande, por eu entrar como titular. Pude entrar bem, mostrar que estou preparado. Fazia um ano e alguns meses que eu não era titular, tirando um jogo contra o Sport. O Carille conversou comigo antes, se for para jogar 80 minutos, que for, eu vou dar o meu máximo. Entrei bem, ali nos 25 do segundo tempo já estava dando uma pesada, senti cãibras, mas acho que fui bem. Eu me preparo para sair jogando, tento manter essa linha de ser ousado e alegre na frente do marcador. Na avaliação de todos, fui bem", disse o camisa 38.

"Querendo ou não a gente sente (a parte física), é algo que vai se aprimorando. Muitas jogadas para frente, uma hora deu uma abafada. Mas, tenho certeza que pude me portar bem dentro de campo", completou o jogador que foi substituído aos 35 minutos do segundo tempo, dando lugar a Emerson Sheik.

Pedrinho foi um dos destaques do Corinthians no empate deste domingo, e chegou a ser eleito o craque da partida pelos leitores do Meu Timão - superando até o zagueiro Henrique, autor do gol alvinegro. O jovem protagonizou um dos lances emblemáticos do duelo ao ser derrubado próximo da área e pedir a marcação de um pênalti. O árbitro viu o lance como normal, e chegou a dar um cartão amarelo para o meia por simulação.

"Teve o pisão (no lance). Só tive a dúvida se foi dentro ou fora da área, mas revendo o lance, foi dentro da área. Acho que o meu cartão foi meio injusto, eu que sofri a falta", alegou Pedrinho.

Leia também:
Jogadores do Corinthians alertam para 'medo de apitar' dos árbitros por reclamações de rivais
Carille admite erro de planejamento, mas nega incômodo com tropeços do Corinthians

O Corinthians engata agora uma sequência de quatro jogos sem vitória: empate contra o Vitória, derrotas para Atlético-MG e Independiente (ARG) e nova igualdade, agora frente ao Ceará. Para Pedrinho, a equipe precisa de concentração para buscar as vitórias.

"Sabemos que temos que manter nosso desempenho dentro de campo, temos que ganhar dentro de casa. Acho que, pela falta de entrosamento, fizemos um grande jogo (contra o Ceará). Infelizmente, o resultado não veio, mas vamos trabalhar para aprimorar e o resultado voltar a vir", afirmou o jogador.

"Dependendo, vendo assim preocupa. Time grande tem que estar sempre vencendo, independentemente dos jogadores. Sabemos que temos que ter a cabeça no lugar para as vitórias voltarem a aparecer", finalizou.

A equipe do Parque São Jorge volta a campo nesta quinta-feira, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O embate será diante do Vitória, às 19h30 (de Brasília), também em Itaquera.

Veja mais em: Pedrinho e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes