Estilo europeu: Cássio revela pedido de Taffarel e se diz impressionado com concorrente

Estilo europeu: Cássio revela pedido de Taffarel e se diz impressionado com concorrente

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

43 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Cássio vem se esforçando para melhorar sua aptidão com a bola no chão

Cássio vem se esforçando para melhorar sua aptidão com a bola no chão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Para chegar à tão sonhada lista de convocados da Seleção Brasileira à Copa do Mundo da Rússia, Cássio se esforçou para melhorar em um fundamento no qual, segundo o ex-arqueiro e atual preparador de goleiros da Seleção Taffarel, deixava a desejar: o jogo com os pés.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira no CT Joaquim Grava, o camisa 12 do Corinthians repercutiu a convocação da última segunda, anunciada por Tite. No bate-papo com a imprensa, Cássio falou sobre seu relacionamento com Taffarel e revelou o pedido feito durante uma de suas participações em jogos da Seleção Brasileira nos últimos meses.

"Acho que é desempenho, dia a dia, foi muito legal quando eu fui para a Seleção, Conversamos sobre alguns jogos no Corinthians, algumas defesas. Para o meu crescimento é importante, quem tem a ganhar sou eu com isso. Fiquei muito feliz, conversamos bastante, até ele falou como eu poderia trabalhar. Falou de trabalhar mais com o pé aqui, a Seleção é mais um estilo europeu. Mais tocado, sem ligação direta. Essa cobrança dele é importante para o meu crescimento", comentou.

Ao falar mais especificamente sobre sua aptidão com a bola no chão, Cássio mostrou-se impressionado com a técnica de um de seus concorrentes na Seleção: Ederson, do Manchester City, adaptado ao "estilo europeu" de jogar futebol.

"Tem uma série de fatores, teve uma evolução boa, mas teve uma série de fatores que fazem a gente não chegar a esse nível. Eu fiquei impressionado com o Ederson, para falar a verdade, mas ele faz isso desde a base. O jeito de jogar é diferente lá (na Europa). Na Holanda muitas vezes eu nem usava a luva. Jogamos de maneira diferente no Brasil, fico feliz com a evolução mas tenho sempre que trabalhar para evoluir mais", relatou Cássio, citando até mesmo sua passagem pelo holandês PSV antes de chegar ao Corinthians.

Confira a reação de Cássio e Fagner ao serem convocados para a Copa

Com relação à concorrência com Ederson e, principalmente, Alisson, o goleiro do Corinthians não se mostrou nem um pouco cabisbaixo por ser "apenas" a terceira opção de Tite para a meta canarinha. O foco é ser campeão - e quem sabe, em novos Mundiais, chegar com status de titular:

"Vou lá para ajudar, contribuir no que for preciso, tenho certeza que, se eles precisarem, podem contar comigo para eu ajudar no que for melhor para a Seleção. A tendência é o Alisson ser titular, fez um grande ano, muito merecimento. Vou lá com o objetivo de ser campeão mundial", declarou.

"Posso ser na próxima também, na outra, estarei muito feliz de ser o terceiro goleiro. Vou lá ajudar, os outros goleiros vêm muito bem lá. Não vejo isso de terceiro ou segundo, o Tite nunca deixou o jogador de lado por ser terceiro goleiro. Me senti muito participativo, próximo, para mim, é tentar ajudar e trabalhar muito para contribuir e ser campeão mundial", finalizou.

Veja mais em: Cássio e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes
  • Corinthians tropeçou no Sport neste domingo

    Corinthians perde uma posição e vê 'perigoso concorrente' assumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Fábio Carille conversou com a imprensa sobre possível saída do Corinthians

    Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes