Cássio e Fagner 'culpam' momento vitorioso do Corinthians por convocações à Copa do Mundo

Cássio e Fagner 'culpam' momento vitorioso do Corinthians por convocações à Copa do Mundo

1.7 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

Fagner e um dos seus quatro troféus erguidos no Corinthians

Fagner e um dos seus quatro troféus erguidos no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians é o clube brasileiro com mais títulos importantes nesta década e no Século 21. Estaduais, Copas do Brasil, Brasileiros, Recopa, Libertadores, Mundial... não faltaram conquistas ao Timão nos últimos anos, e algumas delas com Cássio e Fagner dentro de campo.

Para os dois jogadores convocados por Tite, essa fase de ouro do Corinthians teve peso na ida para a Copa do Mundo da Rússia. O treinador, coincidência ou não, também fez parte e é um dos principais responsáveis por essa sequência vitoriosa do clube.

"O Corinthians é o clube mais vencedor dos últimos anos, vem se consolidando bem, vem bem há um tempo. Acho que se reestruturou depois da queda. Muitos jogadores convocados hoje eram desconhecidos e foram apostas que deram certo no clube. Isso mostra a organização que leva muitos corintianos à seleção brasileira", afirmou o goleiro, em coletiva nesta terça-feira, que já conquistou oito títulos pelo Timão.

"O clube está sempre brigando por títulos, vivendo momentos importantes. Então, é preciso estar sempre bem para viver esses momentos. Ficamos felizes de poder fazer parte desse momento tão positivo do clube", comemorou o lateral, que já levou quatro troféus no clube.

17 dos 64 membros da Seleção Brasileira têm ligação com o Corinthians

Como mostrou o Meu Timão nesta terça-feira, 17 dos 64 membros da Seleção Brasileira têm ligação com o Corinthians - alguns seguem como funcionários do clube, como Fagner e Cássio. Para a dupla, essa quantidade de 26,5% de corinthianos e ex-corinthianos na delegação que vai à Rússia têm a ver com a qualidade dos profissionais.

"Significa que algum momento tiveram competência de títulos, de trabalho, com os resultados que capacitaram todos a irem para a Seleção e viver esse momento de hoje", lembrou Fagner.

"É legal, a gente nem sabia desse dado porque todo mundo lá sempre foi muito bacana. Todos têm o mesmo respeito por todas as pessoas. É um trabalho bem de família mesmo, como o Tite tinha aqui, como temos com o Carille. Isso ajuda bastante", completou Cássio.

Veja mais em: Corinthianos na Seleção, Fagner e Cássio.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes