Embaixadinhas de Romero voltam a incomodar Palmeiras: 'Toda ação gera reação'

Embaixadinhas de Romero voltam a incomodar Palmeiras: 'Toda ação gera reação'

Por Meu Timão

106 mil visualizações 438 comentários Comunicar erro

'À la' Edilson Capetinha, Romero aprontou das suas em clássico contra Palmeiras

'À la' Edilson Capetinha, Romero aprontou das suas em clássico contra Palmeiras

Reprodução/Premiere

A vitória do Corinthians por 1 a 0 e as embaixadinhas de Romero com a cabeça seguem incomodando no rival Palmeiras. Nesta sexta-feira, cinco dias após o clássico na Arena Corinthians, o volante Felipe Melo voltou a tocar no assunto e reprovou o lance protagonizado pelo atacante paraguaio do Timão.

Para o jogador palmeirense, a “foquinha” de Romero no Dérbi ironizou a equipe da Barra Funda. O volante não descarta eventual provocação futura por parte do outro lado:

“Eu sinceramente acho que ele não deveria ter feito, porque era 1 a 0 o jogo. Lembro que o Edilson fez isso (na final do Campeonato Paulista de 1999) e foi feia a confusão. Mas como tudo na vida, o mundo gira. Não quero entender que ele fez para provocar o Palmeiras. Porque ele provocou a instituição. Poderia ter sido evitado. Mas não vou falar o que ele quis fazer porque é com ele, com Deus. Poderia ter sido evitado, sim”, disse Felipe Melo em entrevista coletiva concedida na Academia.

Leia também:
Ángel Romero entra na mira de clube italiano e pode deixar Corinthians
Romero revela que gol de voleio era 'cobrado' por parceiro e dá pista: 'Mesma nacionalidade'

Aos 40 minutos do segundo tempo, quando o Corinthians já vencia pelo placar mínimo, Romero matou na bola no peito e emendou embaixadinhas com a testa. O lance irritou os atletas adversários e incendiou a Fiel presente na Arena (veja abaixo).

Segundo Melo, a jogada do camisa 11 do Corinthians possui potencial para desencadear episódios de violência também fora das quatro linhas. “Se acontecesse o contrário eu seria o primeiro a ir contra, mas agora ele abre o precedente para acontecer no futuro. Futebol é emoção. E isso aí gera ódio dos torcedores rivais. Imagina o Felipe Melo pegando a bola e fazendo a mesma coisa. Imagina os torcedores e jogadores corinthianos”, afirmou. “Passou e aconteceu, mas toda ação gera uma reação. Vamos esperar que não haja uma reação brusca”, concluiu.

Fato é que, ao menos para o Corinthians, o Dérbi já está no passado. A equipe de Fábio Carille voltou a campo na noite da última quinta-feira e goleou o Deportivo Lara, da Venezuela, pelo placar de 7 a 2 fora de casa. Com o resultado, o Timão garantiu classificação ao mata-mata da Copa Libertadores da América com uma rodada de antecedência.

Reveja as embaixadinhas de Romero no Dérbi

Veja mais em: Romero, Dérbi, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Dupla assinou novo contrato até o fim de 2022

    Cássio e Fagner renovam contratos com o Corinthians por mais uma temporada

    ver detalhes
  • Corinthians tem sete marcas estampadas no uniforme em 2019

    Uniforme do Corinthians já vale quase R$ 80 milhões; saiba os valores das sete marcas

    ver detalhes
  • Gabriel ainda não tinha treinado com bola em 2019

    Com duas novidades em campo, Corinthians se reapresenta após estreia do Paulistão

    ver detalhes
  • Timãozinho segue treinando forte para encarar o Vasco, pela semifinal da Copinha

    Semifinal da Copinha e dois confrontos pelo Paulistão: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes