Gabriel vê Majestoso em bom momento para o Corinthians: 'Retomamos a confiança'

1.4 mil visualizações 24 comentários

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni

Gabriel projetou um Corinthians confiante no Majestoso deste sábado

Gabriel projetou um Corinthians confiante no Majestoso deste sábado

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O clássico contra o São Paulo deste sábado chegou em boa hora para o Corinthians. Ao menos é o que afirmou o volante Gabriel nesta sexta-feira, durante coletiva no CT Joaquim Grava. Deixando para trás os maus resultados antes da parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo, o camisa 5 exaltou o peso do Majestoso e garantiu que o Timão chega confiante diante do rival.

Antes da pausa para o Mundial, o Corinthians conquistou apenas uma vitória em sete partidas. Foram quatro derrotas e dois empates até então, mas a situação tomou outra forma. A equipe venceu dois dos três amistosos que disputou na intertemporada (contra Cruzeiro e Grêmio) e, na reestreia do Brasileirão, venceu o Botafogo por 2 a 0 em plena Arena, em Itaquera.

"A confiança já voltou com os jogos e o tempo de trabalho. Clássico vem num momento bom, quando retomamos a confiança. Sempre tem um peso diferente em termos de jogo. Mas são os mesmo três pontos. Tem de ter essa mentalidade para entrar e fazer um bom jogo", afirmou Gabriel.

Leia também: Volante do Corinthians volta a falar grosso e reafirma: 'Brigamos pelos três títulos'

Na tabela do Brasileirão, contudo, a situação do Corinthians é um pouco diferente da vivida pelo São Paulo. A equipe do Morumbi ocupa a segunda posição no torneio, com 26 pontos somados e apenas um de distância do líder Flamengo. Já o Timão é o oitavo colocado, com 19 pontos.

Os rivais paulistas se enfrentam às 21h (de Brasília) deste sábado, no Morumbi, pela 14ª rodada do Brasileirão. Na expectativa pelo Majestoso na casa são-paulina, Gabriel relembrou uma polêmica que protagonizou em um dos clássicos disputados no estádio no ano passado.

O volante fez um gesto obsceno para a torcida do São Paulo na comemoração do empate de 1 a 1 do Timão no clássico, válido pela 25ª rodada do Brasileirão de 2017. A atitude gerou uma suspensão de dois jogos ao camisa 5, que foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Gabriel minimizou o episódio e exaltou a pressão de voltar a jogar na casa do rival. "Aquele jogo eu tinha acabado de sair, estava na adrenalina. Já voltei lá depois. A pressão lá sempre existe, não é por causa da comemoração ou não, esse clássico é maior do que isso. Sempre vai existir. Tenho certeza que será mais um grande jogo", disse o volante.

Veja mais em: Gabriel, Majestoso e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    [Marco Bello] Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    ver detalhes
  • Cantillo foi um dos destaques do Corinthians no início da temporada

    Cantillo apresenta sintomas de Covid-19 e pode desfalcar Corinthians em Dérbi

    ver detalhes
  • Atacante Jô pode reestrear pelo Corinthians na retomada do Campeonato Paulista

    CBF define janelas internacionais, e Jô pode reestrear pelo Corinthians contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Equipe Sub-23 do Corinthians ganhará atenção especial de Tiago Nunes em 2020

    Corinthians volta a renovar contrato de dupla do Sub-23 em meio à paralisação da base

    ver detalhes
  • André Negão (diretor administrativo, primeiro da esquerda) e Jorge Kalil (diretor-adjunto de futebol, primeiro a direita) causaram chateação em Andrés Sanchez

    Presidente do Corinthians se irrita com declarações de diretores durante lives

    ver detalhes
  • Período no Albirex Niigata rendeu gancho ao atacante, que quase veio para o Timão em 2017

    Atacante rival que quase veio ao Corinthians toma gancho da Fifa e rende punição a ex-clube

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: