Corinthians chega a seis expulsões nos últimos quatro mata-matas em torneios da Conmebol

20 mil visualizações 281 comentários

Gabriel foi expulso pelo segundo cartão amarelo no início do segundo tempo

Gabriel foi expulso pelo segundo cartão amarelo no início do segundo tempo

Reprodução/TV

A expulsão de Gabriel diante do Colo-Colo, na noite desta quarta-feira, no Chile, mostrou mais uma vez que mata-mata de torneio sul-americano e cabeça no lugar não combinam com o Corinthians. Ao menos essa é a realidade recente do clube.

Nos últimos quatro mata-matas disputados pela equipe de Parque São Jorge - três da Libertadores e uma da Copa Sul-Americana -, foram nada menos do que seis expulsões. Detalhe: todos jogadores experientes e todas nas oitavas de final.

Leia também:
Jô não se surpreende com 'goleador Romero' e fala sobre possível volta ao Brasil
Corinthians abre venda ingressos para decisão contra Colo-Colo pela internet

A saga da falta de tranquilidade começou em 2015, quando Fábio Santos e Jadson levaram cartão vermelho e findaram qualquer chance de devolver o revés do primeiro jogo diante do Guaraní do Paraguai, pelas oitavas da Libertadores. Pior: jogo foi disputado na Arena Corinthians.

No ano seguinte, outro jogador experiente resolveu perder a cabeça. O lateral-direito Fagner foi expulso diante do Nacional, do Uruguai, em jogo disputado novamente em Itaquera. O Corinthians empatou por 2 a 2, sendo eliminado pelos visitantes - houve empate sem gols na ida.

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo

Reprodução/TV

No ano passado, mais uma vez em dose dupla. Rodriguinho e Jô levaram cartão vermelho no empate sem gols com o Racing Club, na Argentina, em confronto válido pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. As expulsões acabaram com qualquer chance de a equipe abrir o placar.

Agora, pelas oitavas da Libertadores 2018, foi a vez do volante Gabriel receber o segundo cartão amarelo e deixar o Corinthians com um a menos praticamente todo o segundo tempo diante do Colo-Colo. Uma entrada que poderia ter sido evitada para quem já tinha sido advertido.

Últimos mata-matas disputados pelo Corinthians em competições da Conmebol

Libertadores 2015 - Fábio Santos e Jadson (Guaraní-PAR, jogo de volta)

Libertadores 2016 - Fagner (Nacional-URU, jogo de volta)

Sul-Americana 2017 - Rodriguinho e Jô (Racing-ARG, jogo de volta)

Libertadores 2018 - Gabriel (Colo-Colo, jogo de ida)

Veja mais em: Copa Sul-Americana, Libertadores da América e Gabriel.

Veja Mais:

  • Jô durante duelo com Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians sucumbe no segundo tempo e perde de virada para Atlético-MG na estreia do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes
  • Tiago Nunes reclamou até de um pênalti que Ruan Oliveira teria sofrido no final do jogo

    Tiago Nunes vê Corinthians desgastado, reclama de pênalti e lamenta chance perdida para fazer 3 a 0

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira comemorou sua estreia pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Gabriel Pereira comemora estreia pelo time profissional do Corinthians: 'Um sonho de criança'

    ver detalhes
  • Arana e Michel Macedo no duelo entre Corinthians e Atlético Mineiro

    Torcida do Corinthians lamenta derrota no Brasileirão e destaca falta de opções entre os reservas

    ver detalhes
  • Araos anotou o segundo gol do Corinthians contra o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Com gol de Araos, 11 jogadores já marcaram pelo Corinthians na temporada; veja lista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: