Experientes do Corinthians alertam para lances que podem render expulsão na Libertadores

8.9 mil visualizações 36 comentários

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo no Chile

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo no Chile

Reprodução/TV

O Corinthians sofreu contra o Colo-Colo mais do que deveria por ter ficado com apenas dez jogadores no início do segundo tempo (Gabriel, ao levantar demais a perna, foi expulso). A equipe voltou a sofrer com um homem a menos diante do Fluminense, no Maracanã (Romero, por levantar o braço, foi expulso). Situação que não pode se repetir no duelo de volta com os chilenos, quarta-feira, na Arena Corinthians.

Esse é o resumo do que falaram alguns dos jogadores mais experientes do Corinthians após a vitória sobre o Paraná Clube, neste sábado, em Itaquera. A motivação da fala foi o quase cartão vermelho recebido por Douglas diante dos paranaenses, que levou o braço ao ser marcado por trás (levou amarelo).

Leia também:
Mais confiante para quarta-feira, Loss valoriza profundidade do Corinthians
Roger destaca vitória do Corinthians, mas desabafa sobre 'momento mais difícil'

"Não só para quarta-feira. Até mesmo com árbitro de vídeo, o árbitro não consegue ver, mas o VAR vê. Tem que ter cuidado, evitar lances desnecessários. O lance do Romero até tem uma interpretação. Tem que tomar cuidado, porque a gente sabe o quão ruim é jogar com um a menos. É ter um pouco mais de atenção para não perder mais jogadores", afirmou o goleiro Cássio.

"É normal eles fazerem catimba, eles sabem que os brasileiros acabam se irritando mais rápido. Eles sabem que a gente tem muito potencial, mas eles provocam o lado mental para desestabilizar. Mas, dentro de casa, como eu disse, a gente tem que esquecer isso e fazer um bom jogo. Pressionar a equipe deles como fizemos com o Paraná, fazer os gols que a gente precisa e quem sabe sair com a classificação daqui", lembrou Jadson.

Últimos mata-matas disputados pelo Corinthians em competições da Conmebol

Libertadores 2015 - Fábio Santos e Jadson (Guaraní-PAR, jogo de volta)

Libertadores 2016 - Fagner (Nacional-URU, jogo de volta)

Sul-Americana 2017 - Rodriguinho e (Racing-ARG, jogo de volta)

Libertadores 2018 - Gabriel (Colo-Colo, jogo de ida)

Veja mais em: Roger, Jadson, Cássio, Arbitragem e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Matheus Davó está cedido ao Bahia e disputa a Série B do Brasileiro

    Corinthians recebe proposta e pode vender Matheus Davó; veja detalhes

    ver detalhes
  • Yuri Alberto marcou três gols contra o Atlético-GO e ajudou a garantir a classificação do Corinthians à semifinal da Copa do Brasil

    Corinthians tem noite inspirada de Yuri Alberto, goleia o Atlético-GO e vai à semi da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians irá enfrentar o Fluminense na semifinal

    Veja como os jogadores do Corinthians comemoraram a classificação para as semis da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Vítor Pereira confirmou que Duilio falou sobre renovação de contrato com o treinador; técnico tem vínculo com o clube até o final de 2022

    Vítor Pereira confirma oferta do Corinthians por renovação e diz que tomará decisão no final do ano

    ver detalhes
  • Yuri Alberto marcou três gols na classificação do Corinthians na Copa do Brasil e foi eleito o melhor da noite do Timão

    Artilheiro da noite beira o dez e é o melhor em classificação do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Titular do Corinthians contra o Atlético-GO, Fagner desmentiu rumores de má relação com Vítor Pereira após a partida

    Fagner afasta rumores sobre relação com Vítor Pereira e nega problema com o treinador do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x