Experientes do Corinthians alertam para lances que podem render expulsão na Libertadores

Experientes do Corinthians alertam para lances que podem render expulsão na Libertadores

8.8 mil visualizações 46 comentários Comunicar erro

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo no Chile

Gabriel foi com o pé mais alto e levou o segundo cartão amarelo no Chile

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians sofreu contra o Colo-Colo mais do que deveria por ter ficado com apenas dez jogadores no início do segundo tempo (Gabriel, ao levantar demais a perna, foi expulso). A equipe voltou a sofrer com um homem a menos diante do Fluminense, no Maracanã (Romero, por levantar o braço, foi expulso). Situação que não pode se repetir no duelo de volta com os chilenos, quarta-feira, na Arena Corinthians.

Esse é o resumo do que falaram alguns dos jogadores mais experientes do Corinthians após a vitória sobre o Paraná Clube, neste sábado, em Itaquera. A motivação da fala foi o quase cartão vermelho recebido por Douglas diante dos paranaenses, que levou o braço ao ser marcado por trás (levou amarelo).

Leia também:
Mais confiante para quarta-feira, Loss valoriza profundidade do Corinthians
Roger destaca vitória do Corinthians, mas desabafa sobre 'momento mais difícil'

"Não só para quarta-feira. Até mesmo com árbitro de vídeo, o árbitro não consegue ver, mas o VAR vê. Tem que ter cuidado, evitar lances desnecessários. O lance do Romero até tem uma interpretação. Tem que tomar cuidado, porque a gente sabe o quão ruim é jogar com um a menos. É ter um pouco mais de atenção para não perder mais jogadores", afirmou o goleiro Cássio.

"É normal eles fazerem catimba, eles sabem que os brasileiros acabam se irritando mais rápido. Eles sabem que a gente tem muito potencial, mas eles provocam o lado mental para desestabilizar. Mas, dentro de casa, como eu disse, a gente tem que esquecer isso e fazer um bom jogo. Pressionar a equipe deles como fizemos com o Paraná, fazer os gols que a gente precisa e quem sabe sair com a classificação daqui", lembrou Jadson.

Últimos mata-matas disputados pelo Corinthians em competições da Conmebol

Libertadores 2015 - Fábio Santos e Jadson (Guaraní-PAR, jogo de volta)

Libertadores 2016 - Fagner (Nacional-URU, jogo de volta)

Sul-Americana 2017 - Rodriguinho e Jô (Racing-ARG, jogo de volta)

Libertadores 2018 - Gabriel (Colo-Colo, jogo de ida)

Veja mais em: Roger, Jadson, Cássio, Arbitragem e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Caetano (à dir.) está relacionado para a partida ante o Vasco

    Sem Carlos, Jair recorre a titular do Sub-20 para 'final' contra o Vasco

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians neste sábado, às 19h

    Botafogo vence Chapecoense, e Corinthians mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Timão avança à decisão com duas vitórias sobre o São José

    Corinthians repete placar e vai à quarta final consecutiva da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes