Últimos duelos entre Corinthians e Internacional tiveram sabores extremos na Arena

Últimos duelos entre Corinthians e Internacional tiveram sabores extremos na Arena

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Corinthians venceu Internacional por 1 a 0 no último duelo das equipes na Arena pelo Brasileiro

Corinthians venceu Internacional por 1 a 0 no último duelo das equipes na Arena pelo Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians e Internacional se reencontram na tarde deste domingo, às 16h, na Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Será o primeiro confronto entre as duas equipes em Itaquera em mais de um ano – e em quase dois pelo Campeonato Brasileiro, haja vista os gaúchos terem jogado a Série B na última temporada. E as duas mais recentes visitas coloradas à casa alvinegra trazem recordações das mais distintas à Fiel...

A boa lembrança

O penúltimo duelo, datado de 21 de novembro de 2016, teve sabor especial para a torcida corinthiana justamente por conta do tal rebaixamento colorado. Muito em função da recente rivalidade aflorada a cada embate, foi muito comemorada a vitória alvinegra de 1 a 0 em função do prejuízo causado ao Internacional – afundou a equipe na zona de rebaixamento e praticamente selou a queda do adversário à Segunda Divisão da temporada seguinte.

Antes, durante e depois do confronto houve muita festa por parte da Fiel. Com o Corinthians já fora da briga por título (e ainda almejando vaga na Libertadores, é verdade), a principal motivação para aquela partida parecia ser justamente colaborar com o rebaixamento do Internacional. Diversas faixas e até DVDs foram levados pelos torcedores à Arena.

Outra curiosidade e tanto sobre o último jogo entre Corinthians e Internacional na Arena pelo Campeonato Brasileiro diz respeito ao protagonista: foi Marlone, hoje renegado e emprestado ao Sport, quem marcou o gol da vitória alvinegra. Naquele mesmo dia, ele havia sido confirmado pela Fifa como indicado ao prêmio Puskas por conta de um tento anotado na Libertadores daquela temporada.

E mais: então titular de Oswaldo de Oliveira, Willians foi afastado pela diretoria por conta de uma discussão com torcedor na porta do CT Joaquim Grava, dando assim lugar a Cristian. Ainda vale destacar que o lateral Uendel foi improvisado como meio-campista para preencher a lacuna deixada em aberto pelo suspenso Giovanni Augusto.

A má lembrança

Já sob comando de Fábio Carille e em meio à histórica série de invencibilidade de 34 partidas daquele ano de 2017, o Corinthians tropeçaria no Internacional naquela que era conhecida como terceira fase da Copa do Brasil - chave anterior às oitavas de final.

Com dois empates em 1 a 1 – o primeiro no Beira-Rio e o segundo e derradeiro na Arena –, a decisão da vaga foi para as penalidades. E aí perderam suas cobranças os corinthianos Maycon, Marquinhos Gabriel e Guilherme Arana. Cabe citar que, por outro lado, acertaram a meta Jadson, Jô e Fagner, insuficiente para classificar o Timão...

No fim das contas, é bem verdade, a eliminação não seria tão sentida pelo torcedor corinthiano ao longo daquela temporada. Logo nas semanas seguintes, o Timão seria campeão paulista e iniciaria a campanha incrível do heptacampeonato brasileiro.

Veja mais em: Arena Corinthians, Campeonato Brasileiro e Marlone.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes