Corinthians afunda Internacional e fica perto do G6 no Campeonato Brasileiro

Corinthians Corinthians 1 x 0 Internacional Internacional

Brasileirão 2016

Corinthians afunda Internacional e fica perto do G6 no Campeonato Brasileiro

Por Isabela Abrantes

Indicação ao Puskas, gol e pedalada: hoje foi dia de Marlone brilhar contra o Internacional

Indicação ao Puskas, gol e pedalada: hoje foi dia de Marlone brilhar contra o Internacional

Foto: Reprodução

Na noite desta segunda-feira, o Corinthians recebeu o Internacional na Arena em Itaquera. Enquanto o Timão busca continuar vivo na disputa pela sexta posição do Brasileirão, o time gaúcho luta pela permanência na série A.

Com participação direta do Internacional no rebaixamento corinthiano em 2007 - quando a equipe foi acusada de "entregar" a partida para o Goiás, concorrente direto do Timão - o clima na Arena era de revanchismo puro.

Mesmo assim, o jogo na segunda-feira acabou esvaziado de público. A partida na zona leste na segunda à noite - com o setor Norte fechado e a proibição da presença de organizadas - teve o público de apenas 19.493 pagantes. Apesar do número menor de torcedores na Arena, a torcida aproveitou para fazer um protesto e lembrou os torcedores presos no Rio de Janeiro.

Para a partida, Oswaldo de Oliveira escalou o time com mudanças. Willians, titular do treinador, foi afastado pela diretoria após desentendimento com torcedor no CT e deu a vaga para Cristian. Marlone - indicado ao prêmio Puskas - também ganhou posição como titular, e Uendel foi improvisado no meio campo após suspensão de Giovanni Augusto.

Assim, o Timão foi a campo com Walter; Fagner, Vilson (capitão), Fabián Balbuena e Guilherme Arana; Cristian; Marquinhos Gabriel, Camacho, Uendel e Marlone; Ángel Romero. O treinador manteve a tradicional formação 4-1-4-1, usada desde os tempos de Tite.

Primeiro tempo

Embora tenha predominado sobre a equipe adversária na primeira metade da partida, o Timão ainda mostrou suas deficiências - especialmente no setor ofensivo. Com 65% da posse de bola no primeiro tempo, faltaram chegadas efetivas do Corinthians ao gol de Danilo Fernandes.

Por outro lado, o Internacional mostrou porque briga no Z4: os dois lances de maior perigo foram do Corinthians. A única chegada colorada que assustou Walter, aconteceu por uma falha da defesa, quando a bola pingou perigosamente na frente da redes alvinegras.

Aos 24 minutos, um lance polêmico fez a torcida pedir pênalti, quando Fagner leva um pisão na área. O juiz, porém, não viu intenção na jogada e optou por não marcar a penalidade, irritando um torcedor na Arena que acabou lançando um isqueiro no gramado.

Mesmo com o jogo movimento, o ímpeto acabou diminuindo e a qualidade da partida caiu muito. Sem efetividade, o Corinthians foi superior no toque de bola mas mostrou total desorganização tática em campo e assim o primeiro tempo terminou no zero a zero.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo, mas ainda com alguns problemas de posicionamento. Desorganizada, a equipe tinha dificuldade de impor seu jogo, até que, aos 8 minutos uma bola no ataque se converteu em pênalti para o Timão.

Romero subiu para dividida com Ernando e ficou no chão. A arbitragem marcou, advertiu o adversário com o amarelo e o time do Internacional reclamou muito. O lance promete render polêmica para DVD. Marlone bateu com categoria e converteu, abrindo o placar para o Corinthians.

O gol esquentou a partida: o Timão, animado com o resultado, começou a pressionar mais a equipe do Internacional. Sem nada a perder, o time de Porto Alegre também foi para cima e o jogo ficou mais aberto, com chances sendo criadas para ambos os lados.

Aos 23 minutos, Camacho sentiu dores e foi substituído por Marciel. Aos 40 minutos, a segunda mudança foi a entrada de Jean no lugar de Cristian. A terceira e última foi a saída de Marlone - muito aplaudido pela Fiel - para a entrada de Léo Jabá. O jovem atacante entrou e fez bonita jogada e quase ampliou o placar, mas a partida terminou em 1 a 0.

Com o resultado, o Timão fica vivo para a briga pela sexta posição. E o próximo jogo será mais que decisivo: na Arena, o Corinthians enfrenta o Atlético-PR, adversário direto na disputa pelo G6. A partida acontece neste sábado, às 21h.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Internacional

  • 1000 caracteres restantes